"Enfim você chegou!
Respire fundo. Sorria.
Deixe suas preocupações de lado.
Receba o melhor que esse mundo tem a lhe oferecer,
afinal de contas,
você merece.

Entre e sinta-se em casa!"

O livro da minha vida II.

2.17.2009

Dentre os inúmeros livros que já li, esse foi um dos que mais me chamou a atenção e me serviu de guia, tanto que o li aos 19 anos e hoje, 20 anos depois, ainda me lembro perfeitamente dele e do que me ensinou. Sempre muito alegre e comunicativa, me vi aos 19 anos com os pais se divorciando enquanto eu passava pela experiência novíssima de estudar fora de casa, por um término de namoro muito dolorido, mas não dizia a ninguém o quanto estava machucada, insegura e sofrida com tudo aquilo. Nem pra mim, eu assumia o meu sofrimento! Fazia questão de demonstrar a todos o quão eu era forte, compreensiva e feliz, apesar de tudo. Encontrei esse livro numa livraria perto de casa e ele falava exatamente disso: por que eu tinha tanto medo de demonstrar o que eu realmente estava sentindo, de chorar, de ser triste? Por que eu não sabia vibrar de verdade e era sempre tão contida em minhas emoções? Por que eu não sabia dizer não? Lendo esse livro, repensei muitas situações, busquei uma boa terapia e mudei... Realmente me mostrei como era e sou, graças a Deus...
Esse post faz parte da Blogagem Coletiva: O livro da minha vida,
criada pela Vanessa do Blog Fio de Ariadne,
a qual estou participando com muito prazer!!!!!!!!!
&&&&
Leia também o post nos meus outros blogs:
O livro da minha vida I no blog Um canto de Prosear
e O livro da minha vida III no blog: Uma questão de Peso.
Bjos.

10 amigos proseando comigo!:

Nina 17 de fev de 2009 05:41:00  

Puxa, esse entao deveria ter sido lido por mim numa certa época da minha vida. Dizer nao sempre foi um dos meus problemas, e se fazer de alegre qd tudo estava tao desconsertado e triste dentro de mim.

hj to bem melhor,gracas a Deus, mas naquele tempo, ai ai ai...

que bom saber que alguém teve ajuda qd precisou, vc.

Vanessa 17 de fev de 2009 11:18:00  

Que boa saída.Com três blogs a dor no coração por ter que escolher só um fica menor , né?

obrigada por participar da coletiva!

Abração

Janaina Amado 17 de fev de 2009 13:18:00  

Olá, Cláudia, vim conhecer seu livro preferido, vejo que são 3 :-)
Não li este livro ainda, mas a melhor coisa do mundo é a gente se apresentar como realmente é, e se ele lhe ensinou isso, é valioso, mesmo! A blogagem está sendo um sucesso.

Georgia 17 de fev de 2009 16:16:00  

Claudia, nao conheco. Muito interessante.

Só reforcando o convite...


Olha, vou aproveitar e te convidar a fazer uma resenha num outro blog que tenho sobre livros:

http://www.elasestaolendo.blogspot.com/

Passe por lá para me confirmar.

beijao

Cristiane Marino 17 de fev de 2009 17:24:00  

Boa! assim da para escolher 3 livros arrasou!!! vou olhar os 3 cláudia.

Parabéns pelo post, não conhecia esse livro achei muito interessante.

Beijos
Cris

€sterança 17 de fev de 2009 18:14:00  

Não conhecia esse livro, vou procurar para ler!

Gostei muito da coragem de expor sua experiência, isso pode ajudar muitas pessoas que estão passando a mesma dificuldade que vc,

parabéns!

Bjs,
Ester

*Silvia Alencar* 19 de fev de 2009 12:22:00  

Tenho uns presentinhos pra vc lá no meu blog, passa lá depois!!!
Beijos...

Fê_Notável 20 de fev de 2009 09:08:00  

É mto bom quando a gente aprende e um livro nos marca!
Legal você ter assumido tudo isso aqui no blog, tbm! =)

beijos e bom feriado!

Menina Mãe ♥ 23 de fev de 2009 01:56:00  

Que legal amiga, estou pensando aqui comigo qual seria o livro da minha vida...
E falando em livro eu ja terminei de ler 'A menina que roubava livros' e vc??Eu amei Claudinha muito bom^^
Beijos flor!!!

Eduardo P.L 27 de fev de 2009 13:57:00  

Claudia,

obrigado por divulgar e participar da TERTULIA VIRTUAL. Dia 1º de Março o novo tema!
Contamos com você!

Blog Widget by LinkWithin

Eu creio.

Creio, com toda a minha alma, que o meu Deus está no comando de cada ato, gesto, acontecimento, sentimento, pessoa ou coisa, que entra ou sai da minha vida. Ele cuida de mim, e dos meus, o tempo todo, e sou infinitamente grata a Ele por isso.

"O bom de não sabermos todas as coisas é existir alguém que sabe. O melhor de tudo isso é que mesmo sem entender, encostando o ouvido no lugar certo, mesmo numa noite muito escura, a gente vai escutar suas respostas." Lya Luft

Meu selo!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more
http://maisprosadoqueverso.blogspot.com
Loading...