"Enfim você chegou!
Respire fundo. Sorria.
Deixe suas preocupações de lado.
Receba o melhor que esse mundo tem a lhe oferecer,
afinal de contas,
você merece.

Entre e sinta-se em casa!"

Prêmio Dardos! Aqui também se recebe prêmios!!!!

12.29.2008

"Com o Prêmio Dardos se reconhece os valores que cada blogueiro mostra cada dia em seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais etc., que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras."
E possui três regras:
1- Aceitar exibir a imagem. 2- Linkar o blog do qual recebeu o prêmio. 3- Escolher 15 blogs para entregar o Prêmio Dardos
Recebi o prêmio Dardos, com muito prazer, da Camila do blog Sobre Sentimento. Adorei a indicação por ser um blog novo entre os que gosto de acompanhar e é sempre um prazer conhecer gente nova e boa na escrita e no desejo de fazer um blog de qualidade.
Obrigada, Camila.
A lista com os 15 blogs estou fazendo. Publicarei em breve, sem falta!!!!
Bjos pra ti, Camila e para todos que me visitam.

Read more...

Uma questão de peso!

12.26.2008

Meus amigos e amigas,
estou sumida daqui, eu sei (e com uma saudade!!!)...
mas fiz uma cirurgia e não estou conseguindo atualizar os três blogs que escrevo.
Então, me acompanhem no meu blog que fala sobre essa cirurgia,
Creio que com mais uns dias, voltarei a postar aqui e no Canto de Prosear.
Desejo a todos que me honram com sua visita,
um Natal e Ano Novo repletos de paz,
alegria, saúde e muito amor,
porque amar muito PÓÓÓÓÓÓÓDE!
E que Jesus nos proteja e ilumine sempre!
Um beijo caloroso, Cláudia

Read more...

E vamos hoje com Oswaldo Montenegro!!!

12.07.2008

Hoje é domingo, eu sei, mas mesmo atrasada, eis-me aqui postando a música e autor escolhidos por mim hoje (de ontem, já que o projeto se chama: Sábado musical!).
Cantor e Compositor: Oswaldo Montenegro
Música: A Lista

Foto: Mileno Frigatto / FotoAgência

O por que da escolha? Primeiro porque adoro essa música, segundo proque farei uma cirurgia na próxima terça, 09/12, (falo sobre isso aqui) estou com medo e pensando muito sobre o que e quem são realmente importantes nessa vida. Reflexiva, vou pra essa cirurgia com a fé que tenho e pedindo oração de todos vocês.
Oswaldo Montenegro
Informãções: Wikipédia, a enciclopédia livre (para ler mais, clique aqui e aqui).
"Oswaldo Viveiros Montenegro, nasceu em Grajaú, Rio de Janeiro, em 15 de março de 1956, e além de cantor, compõe trilhas sonoras para peças teatrais, balés, cinema e televisão. Apresenta um programa no Canal Brasil ao lado de Roberto Menescal (chamado Letras Brasileiras) e é casado com a atriz Paloma Duarte. Tem uma das parcerias mais sólidas da MPB ao lado de Madalena Salles que o acompanha com suas flautas.
Oswaldo é um caso excepcional de precocidade musical. Sem nunca ter estudado música regularmente, começou desde a tenra infância a ser influenciado por ela. Primeiro, na casa de seus pais no Rio de Janeiro: sua mãe e os pais dela tocavam piano, seu pai tocava violão e cantava. A segunda influência foi mais forte. Aos oito anos, mudou-se, com os pais, para São João del-Rei, cidade mineira poética e boêmia, onde as serestas aconteciam todas as noites e as pessoas juntavam os amigos em casa para passar as noites tocando e cantando. Ao mesmo tempo, Oswaldo foi atraído para a música barroca das igrejas.
A decisão de se tornar um músico profissional veio com a mudança para Brasília, em 1971. Na capital federal, começou a ter contato com festivais e grupos de teatro e de dança estudantis. Foi ainda em Brasília que tomou contato com a música erudita nos concertos do Teatro Nacional. "

A LISTA

Faça uma lista de grandes amigos Quem você mais via há dez anos atrás Quantos você ainda vê todo dia Quantos você já não encontra mais...
Faça uma lista dos sonhos que tinha Quantos você desistiu de sonhar! Quantos amores jurados pra sempre Quantos você conseguiu preservar...
Onde você ainda se reconhece Na foto passada ou no espelho de agora? Hoje é do jeito que achou que seria Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava Quantos você conseguiu entender? Quantos segredos que você guardava Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava? Quantas você teve que cometer? Quantos defeitos sanados com o tempo Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava Hoje assobia pra sobreviver? Quantas pessoas que você amava Hoje acredita que amam você?

Um lindo fim de semana e Deus esteja com todos nós.
Beijos e até a volta!!!!!

Read more...

Hoje é dia de Paulinho Pedra Azul!

11.29.2008

Foto: Miguel Aun (Foto Elias)
Poucos sabem, mas comecei minha faculdade de jornalismo na antiga Fiube (hoje Uniube), em Uberaba - MG, em 1989. Lá estudei por dois anos. E como uma boa violeira, aprendi as canções do Paulinho Pedra Azul, que eram algumas das favoritas entre os estudantes e nas rodas de violão. Ele tem letras lindas e vou postar hoje um pouco sobre esse grande poeta-músico e três de suas muitas letras. Uma, em especial, eu adoro e me identifico muito com ela: CANTAR (pena eu não ter encontrado a melodia, mas continuarei procurando para mostrar a vocês como essa música é inspiradora). As outras duas, Jardim da Fantasia e Ave Cantadeira, são igualmente lindas e mais conhecidas nacionalmente.
PAULINHO PEDRA AZUL
"Nascido na cidade de Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha (região nordeste de Minas Gerais), Paulinho é compositor, instrumentista, pintor e escritor. Sua produção musical concentra-se principalmente em canções e serestas românticas. O primeiro disco, "Jardim da Fantasia", foi lançado em 1982 pela RCA, quatro anos depois da mudança para São Paulo, e a música-título ficou conhecida. Depois disso, se apresentou com freqüência em universidades, participou de festivais e lançou discos regularmente nas décadas de 80 e 90, obtendo grande sucesso sobretudo em Minas Gerais. Em 1999 lançou o CD "As Estações do Homem" (site do texto aqui).
Jardim da Fantasia
(vídeo do You Tube)
CANTAR
Se numa noite eu viesse ao clarão do luar cantando e aos compassos de uma canção te acordar talvez com saudades cantasses também relembrando aventuras passadas com um passado feliz com alguém. Cantar quase sempre nos faz recordar,sem querer um beijo, um sorriso, ou uma outra aventura qualquer cantando aos acordes do meu violão é que mando depressa ir se embora saudade que mora no meu coração. (repete tudo)
Ave Cantadeira
Lá vou nessa estrada Desafiando o coração Cantando em prosa ou canção Feito uma Ave Cantadeira
Cantar, Cantar, Cantar Viver, Viver, Viver Criar penas de pássaro e voar Voar, voar, voar sofrer, sofrer, sofrer Amar Você
Lá vou eu nesta agonia Levando a dor em minhas mãos fugindo igual a um bicho errante amargurado coração
Cantar, Cantar, Cantar - Sofrer, sofrer, sofrer 2 X voar, voar, sobreviver
Esse é um post do meu projeto Sábado musical. Todo sábado, escolherei um(a) músico(a) ou banda, e publicarei um breve relato sobre a vida e obra deles. Aceito sugestões, ok.
Beijos e um excelente final de semana pra você!

Read more...

Dia de música por aqui!

11.22.2008

Na última quinta, devido à minha correria, não postei a música da Quinta-Feira musical. Então decidi mudar da quinta para o sábado esse dia, pois com certeza, tenho mais tempo de elaborar o dia da música com mais cautela, tempo e afinco.

O músico que escolhi hoje é Milton Guedes.
Música: O sonho se perdeu.
Caçula de uma família de dez irmãos, o Milton Guedes (site aqui) que a gente conhece, na verdade chama-se Milton Carlos Muniz Guedes, e nasceu no Rio de Janeiro, no dia 04 de junho de 63. O pai, funcionário do Ministério da Marinha, foi transferido para Brasília quando o Milton tinha apenas 1 ano de idade e foi na capital do país que tudo aconteceu. Começou a aprender a tocar com um vizinho, João Batista, músico que lhe ofereceu as primeiras aulas de saxofone e flauta. Aos 18 anos, o menino tímido e careta, como ele próprio se define, começou a tocar e cantar nos barzinhos de Brasília, como vocalista da banda "Pôr do Sol". Fez parte das trupes de Oswaldo Montenegro e Lulu Santos. Ele despontava com seu sax, sua flauta, sua gaita e também com seu inconfundível assobio. Hoje percorre os palcos com sua carreira solo e comm uma equipe de primeira, traz um show delicioso, que arranca aplausos de públicos de todas as idades. Uma das músicas destaque da Série Riacho Doce, O sonho se perdeu eternizou-se.
O SONHO SE PERDEU

A vida era um menino

Menino como eu

Me conta a minha vida

Que foi que aconteceu

Será que foi no vento

que o sonho se perdeu
Por onde você anda
O que te aconteceu

O amor é tão difícil

pra gente compreender

De dia quer a noite

De noite o amanhecer

Ah seu tivesse uma magia

Pro tempo adormecer
pro amor virar poesia
Pra eu nunca mais sofrer

A vida continua

Meu canto de brincar
Onde é que andava a lua
quando eu quis namorar
Ah! minha Santa Aparecida
Vem me abençoar
Me diz em que poesia
O amor esconde o dom de amar.

Read more...

Corre-corre danado!

11.20.2008

Gente! Estou numa correria doida tentando a liberação do meu plano de saúde para uma cirurgia que preciso fazer (vide detalhes aqui!) e, por isso, não tenho tido muito tempo de atualizar meus blogs, e nem de visitar e comentar os blogs que adoro. Estou com menos tempo ainda de conhecer as muitas idéias maravilhosas de blogs que aparecem pela net diariamente (comprei a revista com os 80 melhores blogs da Internet, mas também não tive tempo de lê-la ainda).
O que me conforta é saber que essa fase vai passar, como tudo na vida, e que conseguirei fazer o que preciso e, em breve, voltarei a poder fazer o que gosto, que aqui é estar com vocês. Rezem por mim para que tudo dê certo e corra bem. Continuarei dando notícias e, claro, correndo atrás do que preciso! Bjo.

Read more...

Prêmio Dardos!

11.16.2008

Acabei de receber a indicação ao prêmio Dardos, que dessa vez veio da Fê_Notável, e fiquei muito feliz. Receber um prêmio uma vez é bom demais... três então!!!! Amei!
Quem recebe o "Prêmio Dardos” e o aceita deve seguir algumas regras:
1. Exibir a distinta imagem.Vocês poderão vê-la no slide de selos recebidos pelo blog (à direita).
2. Linkar o blog pelo qual recebeu o prêmio.O Algumas Observações já está linkado aqui.
3. E escolher quinze (15) outros blogs a que entregar o “Prémio Dardos”. (Aí é que o bicho pega!)
Como hoje não estou lá essas coisas, pois uma azia está acabando comigo, prometo indicar os blogs escolhidos ainda essa semana.
Obrigada, Fê.
Bjos e boa semana a todos.

Read more...

Coisinhas minhas! (Meme)

Nome: Cláudia Gonçalves Idade: 39 anos Local de Nascimento: Brasilia - DF Peso: prefiro não comentar (risos!) Altura: 1,68Kg Apelido de infância: nunca tive. Qual é a sua maior qualidade? Autenticidade. E seu maior defeito? Ansiedade. Qual é a característica mais importante em um homem? Ser verdadeiro, batalhador e presente. E em uma mulher? Ser verdadeira, carinhosa e saber falar e calar na hora certa. Qual é a sua idéia de felicidade? Ter meu canto, meu trabalho, ser e ver quem amo feliz e com saúde. E o que seria a maior das tragédias? Morrer e deixar meus filhos sem mãe. Quem você gostaria de ser se não fosse você mesmo? Não sei... eu não gostaria de ser outra pessoa. E onde gostaria de viver? À beira-mar Qual é sua cor favorita? Rosa E o seu desenho animado? Papa-léguas. Quais são os seus escritores preferidos? Tania Zagury, Lya Luft, Clarice Lispector... vixe, são muitos. E seus cantores e /ou grupos musicais? Marisa Monte, Caetano Veloso e, por incrível que pareça, Vitor e Léo - a primeira dupla sertaneja que gosto de ouvir. O que te faz feliz instantaneamente? Ver meus filhos, marido e familiares felizes. Quais dons você gostaria de possuir? O dom da Paz. Você tem medo da morte? Não. Tenho medo de deixar meus filhos desamparados e sem o meu amor. Quem é seu personagem de ficção favorito? Nenhum Qual defeito é mais fácil de perdoar? Preguiça. Qual é o lema de sua vida? Viver e deixar viver. Qual sua maior extravagância? Comprar jóias. Qual sua viagem preferida? Ir para a praia em família Se pudesse salvar apenas um objeto de um incêndio, qual seria? Minha Bíblia. Qual é o maior amor de sua vida? Deus Onde e quando foi mais feliz? Hoje, agora. Qual é sua ocupação favorita? Ser mãe. Pensa em ter filhos? Já os tenho, graças a Deus! Quantos? 3, Filipe com 13, Bruno com 10 e Júlia com 6 anos. Um animal de estimação: nenhum Uma atividade física: Yoga Um esporte: Sapateado Um prato que sabe fazer: Lasanha Uma comida que adora: Doce Uma invenção tecnológica sem a qual não vive: Celular Gasta mais dinheiro com: roupas, calçados e remédios. Uma inabilidade: Ignorar a injustiça e a indiferença com quem amo. O que não faria em nome da vaidade? Botox na boca. Uma mania: Dormir tarde. Uma saudade: Meus avôs e minha avó. O primeiro beijo: 13 anos. Meme recebido pela Sara. O repasso para a Patty, Paula e Vanna. Beijos e boa semana a todas.

Read more...

Acreditar...

11.15.2008

"De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando... A certeza de que é preciso continuar... A certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminar... Façamos da interrupção um caminho novo... Da queda, um passo de dança... Do medo, uma escada... Do sonho, uma ponte... Da procura, um encontro!" Fernando Sabino

Read more...

Quinta-feira é dia de música por aqui!

11.13.2008

Eu sou o que canto e canto o que sou. Só não vê, quem não quer.. E para fazer juz a essa paixão, toda quinta-feira estarei postando aqui uma música, seu vídeo (se houver) e falando sobre quem canta e/ou compôs...

Hoje, para abrir com chave de ouro o meu projeto quinta-feira musical, quero falar de uma harpista brasileira que canta e toca M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-M-E-N-T-E bem, e esteve no Programa do Jô, no dia 06/11/2008. Estava trabalhando e escutei o cantarolar e tocar suave dela, aí eu corri para ver quem era... Que voz suave... Adorei! O que mais me impressionou foi eu nunca tê-la visto e descobrir que ela já cantou com tanta gente que adoro!
No Jô, ela tocou sua Harpa e cantou a música TRISTE, de Tom Jobim, e vale sim postar aqui, para que todos vejam que lindo ficou e conheçam um pouco mais dessa harpista incrível.
Cristina Braga, que é a minha escolhida de hoje.
"Dona de um talento extraordinário que a permite transitar da bossa-nova ao samba, passando pelo choro até os grandes clássicos, Cristina Braga é primeira harpista do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e desde cedo, trilhou paralelamente à sua carreira clássica um caminho consistente e inesperado na MPB. Nos últimos anos Cristina guardou a surpresa de revelar uma voz linda e suave." Fonte site Biscoito Fino.
"Ocupa o cargo de 1a. Harpista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro aonde tocou sob a batuta de nomes como Mstislav Rostropovich, Gabor Oetvos, Karl Martin, José Maria Florêncio, Mário Tavares, David Machado e Sílvio Barbato, entre outros, acumulando grandes elogios.
Participou de gravações em discos de Nando Reis, Zeca Baleiro, Zélia Duncan, Marisa Monte, Taiguara, Bia Bedran, e fez a trilha sonora ao lado de Ricardo Medeiros, para o documentário sobre Fernando Lemos de Guilherme Coelho, e o filme Amigo Invisível de Maria Letícia.É uma das diretoras do Congresso Mundial de Harpas e idealizou e dirigiu por quatro edições o Festival Vale do Café, nas montanhas da região histórica do café, no Rio de Janeiro." Texto publicado no release do You Tube.
Vídeo e letra para cantarmos com ela!
TRISTE
(TOM JOBIM)
"Triste é viver na solidão
Na dor cruel de uma paixão
Triste é saber que ninguém pode viver de ilusão
Que nunca vai ser, nunca vai dar
O sonhador tem que acordar
Tua beleza é um avião
Demais pra um pobre coração
Que pára pra te ver passar
Só pra me maltratar
Triste é viver na solidão
Sad is to live in solitude Far from your tranquil altitude Sad is to know that no one ever can live on a dream That never will be, will never be Dreamer awake, wake up and see Your beauty is an aeroplane So high, my heart can't bear the strain A heart that stops when you pass by only to cause me pain Sad is to live in solitude.
Triste é viver na solidão
Na dor cruel de uma paixão
Triste é saber que ninguém pode viver de ilusão
Que nunca vai ser, nunca vai dar
O sonhador tem que acordar
Tua beleza é um avião
Demais pra um pobre coração
Que pára pra te ver passarSó pra me maltratar
Triste é viver na solidão. "

Bjos e bom final de semana!

Read more...

Hoje é dia de Cecília!!!!!!!

11.07.2008

Sim, sim, sim... hoje está sendo o dia da Cecília Meireles e eu corri o dia todo e não consegui postar mais cedo. Mais ainda há tempo... Se estivesse viva, Cecília Meireles faria 107 anos hoje. Em todas as partes do Brasil estão sendo feitas homenagens a ela hoje e nós, blogueiras, sob o comando de Leonor Cordeiro, não poderíamos ficar fora dessa festa. Lendo e relendo os poemas dela, simplesmente não consegui escolher só um. Então, aí estão os que se identificam comigo hoje (porque tudo dela é lindo!!!!!!!) Serenata "Permita que eu feche os meus olhos, pois é muito longe e tão tarde! Pensei que era apenas demora, e cantando pus-me a esperar-te. Permita que agora emudeça: que me conforme em ser sozinha. Há uma doce luz no silencio, e a dor é de origem divina. Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo, e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo"

SONETO ANTIGO
Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto.
Só do que sei de mim aos outros conto:
de mim, atravessada pelo mundo.
Toda a minha experiência, o meu estudo,
sou eu mesma que, em solidão paciente,
recolho do que em mim observo e escuto
muda lição, que ninguém mais entende.
O que sou vale mais do que o meu canto.
Apenas em linguagem vou dizendo
caminhos invisíveis por onde ando.
Tudo é secreto e de remoto exemplo.
Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
E todos somos pura flor de vento.
Epigrama n. 2
És precária e veloz, Felicidade.
Custas a vir e, quando vens, não te demoras.
Foste tu que ensinaste aos homens que havia tempo,
e, para te medir, se inventaram as horas.
Felicidade, és coisa estranha e dolorosa:
Fizeste para sempre a vida ficar triste:
Porque um dia se vê que as horas todas passam,
e um tempo despovoado e profundo, persiste.
Cecília Meireles
Essa postagem faz parte da Blogagem Coletiva organizada pela Leonor Cordeiro para comemorar a data de aniversário de nascimento da grande Cecília Meireles.

Read more...

Nocaute!!!!!!!!!!

11.05.2008

A vida é uma caixa de surpresas! Eu sou uma mulher independente, profissional, bem resolvida, boa mãe, e o fato de ser boa mãe me fez deixar muita coisa pra trás e dedicar hoje a maior parte do meu tempo aos meus filhos. Trabalho muito, mas consegui trazer boa parte desse trabalho para fazer em casa para acompanhar mais de perto a minha prole. E aí, viro as madrugadas trabalhando... E tempo pra mim que é bom... nada!

Meu marido é também uma pessoa excelente. É trabalhador e muito profissional, pai e marido de dar inveja, no entanto não tem, pela correira diária, muito tempo para a família. Essa função ficou mesmo comigo, junto com todas as outras, mas não acho ruim. Já estou acostumada.
Hoje, no entanto, levei um susto. Bruno, meu filho de 10 anos, estava às voltas com um trabalho valendo 10 pontos e, como faço sempre, fui ajudá-lo. Ele já tinha feito boa parte, mas estava confuso com algumas questões. O trabalho de ciências falava sobre a gestação, infância e adolescência. No final tinha um espaço para agradecer às pessoas que o trouxeram ao mundo por tudo, com as palavras dele.
Ví um coração e dentro estava escrito:
"Pai, eu te amo. Obrigada por me ensinar Matemática, Ciências, Geografia, tudo, e me dar tanto amor. Te amo demais. Bruno."
Como assim???? Não que ele, o pai não mereça, merece sim e muito mais, mas gente, quem ensina tudo da escola a ele sou eu!!!! Se ele falasse: Pai, obrigada pelas risadas, partidas de futebol que assistimos juntos, eu entenderia!!?!
Putis... que pancada! Fui nocauteada com essa. Será que ninguém vê o quanto estou me esforçando pra ser uma boa mãe... Não consegui evitar uma lágrima e saí de perto para que ele não visse. Mas ele viu. Que situação... não quero que ele me enalteça mais que ao pai, ou mude seu textinho só porque me viu chorando. Naquelas palavras estavam a mais pura verdade do seu coração. Mas onde estou errando, gente! Fiquei muito triste. E não é ciúme, para quem quer simplificar tudo. Acho que estou errando em algum ponto e não estou vendo, não sei em que.
Por fim, o bichinho ficou contrariado, me pediu desculpas, mudou o texto, e eu disse que a culpa não era dele, mas sim minha. Não queria que ele mudasse o texto, ou se sentisse culpado por expressar a sua verdade, mas os filhos não imaginam os baques e as alegrias que seus inocentes textos e desenhos podem nos trazer.
Não quero tirar a liberdade de expressão dos meus filhos. Mas que dói, dói, ler essas verdades tão verdadeiras!
E por falar em gratidão à mãe, hoje minha mãe esta fazendo aniversário e vou correr lá para enchê-la de beijos. Obrigada mãe, por tudo que fez e deixou de fazer por mim! Te amoooooooooooooooo!
E não se esqueça de visitar o canto de prosear. Bjos e fui!

Read more...

Pernas... te quero tanto!!!

10.30.2008

Oiii, gente! Venho aqui me redimir com as minhas pernas. Ah, sim! Elas que já me levaram a tantos lugares, me deram tanta alegria, me aguentam todos os dias e eu não vinha dando atenção a elas. Como sou das que "só fecha a porta depois que é roubada" (quando o assunto é cuidado pessoal), agora vejo o quanto tenho maltratado minhas pernas e coluna. Isso mesmo... maltratado! Como isso? Com o excesso de peso, os saltos altos, a falta de cuidado com postura, alimentação... Admito! Elas estão doendo tanto, por causa da minha displincência. Semana passada, fui baixar no ortopedista e no fisioterapeuta. Agora estou em tratamento. Tirei Raio-x, farei ressonância e eletroneuromiografia, bláblábláblá, viu! É de lascar... Uma amiga me falava essa semana: "- Cláudia, tem que se cuidar. Precisamos dos joelhos até para sentar no vaso!" E é verdade... aiaiai. Outro dia, estava no salão e minha cabeleireira, Wilma, estava com uma mini-saia. Observei que ela tem pernas lindas (não fiquei com inveja), apesar de ficar em pé o dia inteiro, e não tem varizes. Perguntei como conseguiu aquela façanha... ela me respondeu que as pernas e os braços lhe dão muito trabalho, pois ela os exercita diariamente, para aguentar trabalhar com cabelos. (Toma, Cláudia!) E é bem verdade. Ainda bem que ela viu isso cedo, e não ficou igual a abestada aqui, correndo agora atrás do tempo perdido e das minhas pernas saudáveis de antes.

Então, começo a me redimir, me tratando com bons profissionais, voltando a me exercitar e postando aqui algumas dicas que recebi do meu fisioterapeuta, de como cuidar das pernas e evitar as terríveis varizes (tiro aqui a hereditariedade, ok!) e dores:

  1. Evite ficar em pé por períodos prolongados.
  2. Faça repouso com as pernas elevadas por breves períodos durante o dia.
  3. Sente-se os pés sobre um apoio durante as horas de trabalho.
  4. Pratique exercícios e ginásticas leves.
  5. Fazer massagens suaves nos membros inferiores.
  6. Prevenir a obesidade.
  7. Ter uma dieta rica em fibras para que seu intestino funcione regulamente.

Mais dicas para ter pernas saudáveis e bonitas você encontra aqui. Mãos à obra.

Bjo.

****************************************

Me desculpem a constante mudança nas cores do blog. É que estou virando borboleta...

Mudando, saindo do casulo. Uma hora eu chego lá.

Ah! Não deixem de visitar o canto onde também escrevo. Lá também tem sempre coisa boa de se ler!

Read more...

Como é bom ter mais de 30!

10.27.2008

Tenho uma admiração especial pelas crônicas do Arnaldo (íntima!!!!!!). Ele tem textos diretos, irônicos (quando necessário!) e muito bem escritos (não que eu concorde em tudo...). Então vou postar aqui e no canto duas crônicas que eu gostei de ler, para que vocês proseem comigo sobre o que acham, ok! Leiam essa aqui e corram para ler a de lá, clicando bem aqui. Bjo.
"Isto é para as mulheres de 30 anos pra cima… E para todas aquelas que estão entrando nos 30, e para todas aquelas que estão com medo de entrar nos 30… E para homens que têm medo de meninas com mais de 30!!!
A medida que envelheço, e convivo com outras, valorizo mais as mulheres que estão acima dos 30. Estas são algumas razões do porquê:
- Uma mulher de 30 nunca o acordará no meio da noite para perguntar: “O que você está pensando?” Ela não se importa com o que você está pensando, mas se dispõe de coração se você tiver intenção de conversar.
- Se a mulher de 30 não quer assistir ao jogo, ela não fica à sua volta resmungando. Ela faz alguma coisa que queira fazer. E, geralmente è alguma coisa bem mais interessante.
- Uma mulher de 30 se conhece o suficiente para saber quem é, o que quer e quem quer. Poucas mulheres de 30 se incomodam com o que você pensa dela ou sobre o que ela esta fazendo.
- Mulheres dos 30 são honradas. Elas raramente brigam aos gritos com você durante a ópera ou no meio de um restaurante caro. É claro, que se você merecer, elas não hesitarão em atirar em você, mas só se ainda sim elas acharem que poderão se safar impunes.
- Uma mulher de 30 tem total confiança em si para apresentar-te para suas melhores amigas. Uma mulher mais nova com um homem tende a ignorar mesmo sua melhor amiga porque ela não confia no cara com outra mulher. E falo por experiência própria. Não se fica com quem não confia, vivendo e aprendendo né???
- Mulheres se tornam psicanalistas quando envelhecem. Você nunca precisa confessar seus pecados para uma mulher de 30. Elas sempre sabem….
- Uma mulher com mais de 30 fica linda usando batom vermelho. O mesmo não ocorre com mulheres mais jovens.
- Mulheres mais velhas são diretas e honestas. Elas te dirão na cara se você for um idiota, se você estiver agindo como um...!
- Você nunca precisa se preocupar onde se encaixa na vida dela. Basta agir como homem, e o resto deixe que ela faça.
- Sim, nós admiramos as mulheres com mais de 30 por um “sem” números de razões.
Infelizmente, isso não é recíproco. Para cada mulher de mais de 30, estonteante, inteligente, bem apanhada e sexy, existe um careca, velho, pançudo em calças amarelas bancando o bobo para uma garçonete de 22 anos.
Senhoras, EU PEÇO DESCULPAS: Para todos os homens que dizem, “porque comprar uma vaca se você pode beber o leite de graça?”, aqui está a novidade para vocês: Hoje em dia 80% das mulheres são contra o casamento, sabe por quê? Porque as mulheres perceberam que não vale a pena comprar um porco inteiro só para ter uma lingüiça. Nada mais justo.”
Arnaldo Jabor

Read more...

Um Canto de prosear!

10.24.2008

Estou vivendo uma experiência nova que estou adorando. Estamos, eu + quatro amigas P-O-D-E-R-O-S-A-S, escrevendo no canto e isso está sendo muito prazeroso para mim. Os textos são legais, alegres, verdadeiros e muito, muito criativos.
Quero convidar todos vocês que me dão a honra de me visitar aqui nesse meu lugarzinho precioso, para conhecer o outro espaço que também escrevo, só que numa grande parceria de excelentes blogueiras, que são mulheres de fibra e raça, e assim como eu, lindas, é claro (kkkk).
Confira aqui e sinta-se sempre em casa.
Bjo.
Cláudia

Read more...

Quem ama, não mata!

10.21.2008

Ainda está valendo a máxima de que "qualquer maneira de amor vale a pena e vale amar?"Acho que depois do episódio Eloá, essa frase perdeu um pouco o sentido. Não que eu esteja comparando o amor à loucura do rapaz, mas gente, o crime passional está cada vez mais difícil de se evitar.

O que ele sentia era amor ou posse? Por que amar mais o outro que a si mesmo e acabar com ambas as vidas colocando uma terceira em risco? Será que podemos dizer que o amor continua, sim,valendo a pena de qq maneira que venha, ou temos que colocar algumas vírgulas deixando claro que vale a pena sim, se houver também o respeito à vontade do outro de não nos amar mais?

Perguntas sem respostas ficarão nas nossas cabeças, como ainda ecoam as perguntas do pai que tenha jogado a filha pela janela em nome também do seu amor pela esposa. Isso é amor, gente? Que amor sobrevive depois dessas faltas de limite e respeito pela vontade e direitos do outro?

Empunho hoje, então, outra máxima, que anda meio esquecida, mas resume tudo:

QUEM AMA, NÃO MATA!

Beijos saudosos!

Foto do google.

Read more...

Melhores 2008 !?!

10.20.2008

Gente! Recebi da Sara, do blog Fábrica de palavras um selo LINDOOOO que adorei. Segundo a regra tenho que publicar o selo no meu blog e repassá-lo a 10 pessoas, mas ainda não parei para escolher 10 dentre todos os blogs que gosto e visito.
Então... Publicado está, mas ainda ficarei devendo os blogs premiados por mim!
Obrigada Sara!!!!!!

Read more...

Ilusión

10.17.2008

Ouvir uma boa música é muito bom. Agora eu, Cláudia, gosto de ouvir cantando CERTO com a letra na mão (e a cifra!). Então deixo aqui a letra para você cantarolar e relaxar... Bom final de semana! Cláudia

Uma vez eu tive uma ilusão
E não soube o que fazer
Não soube o que fazer
Com ela
Não soube o que fazer
E ela se foi
Porque eu a deixei
Por que eu a deixei?
Não sei
Eu só sei que ela se foi
Mi corazón desde entonces
La llora diario
No portão
Por ella no supe que hacery
se me fue
Porque la deje
¿Por que la deje?
No sé
Solo sé que se me fue
Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
Porque não me deixei tentar
Vivê-la feliz
É a ilusão de que volte
O que me faça feliz
Faça viver
Por ella no supe que hacer
Y se me fue
Porque la deje
¿Por que la deje?
No sé
Solo sé que se me fue
Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
Porque não me deixei tentar
Viver la feliz
Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
Porque no me dejo
Tratar de ser la feliz
Porque la deje
¿Por que la deje?
No sé
Solo sé que se me fue

Read more...

Oração da Serenidade!

10.15.2008

SENHOR,
concede-me a SERENIDADE
para aceitar as coisas que não posso modificar; CORAGEM para modificar aquelas que eu posso e SABEDORIA para perceber a diferença.
São Francisco de Assis

Read more...

Superação!

10.13.2008

Oi gente! Tenho pensado muito sobre as dificuldades e dores que a vida (todos os envolvidos) nos impõe para que cresçamos aprendendo. Eu, particularmente, tenho sentido dor de cabeça demais e tido alguns problemas emocionais que andaram me deixando meio cabisbaixa e muito introspectiva. Hoje, resolvi ver um vídeo que tinha recebido da minha prima, mas ainda não o tinha aberto. Fiquei emocionada com a força dessa mulher e envergonhada por eu estar reclamando tanto da vida e ver que os meus problemas são pequenos diante do dela, mas ela não desiste, enquanto eu estava prestes a desistir... Então, vou postar aqui para que vocês também vejam, sacudam a poeira e corram atrás de serem felizes! Mulherão! http://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=d02dd613ea&view=att&th=11ce7a01c018c652&attid=0.1&disp=attd Bjos!

Read more...

Você ama bonito ou feio?

10.08.2008

Talvez seja tão simples, tolo e natural que você nunca tenha parado para pensar: aprenda a fazer bonito o seu amor. Ou fazer o seu amor ser ou ficar bonito. Aprenda, apenas, a tão difícil arte de amar bonito. Gostar é tão fácil que ninguém aceita aprender.
Tenho visto muito amor por aí. Amores mesmo, bravios, gigantescos, descomunais, profundos, sinceros, cheios de entrega, doação e dádiva, mas esbarram na dificuldade de se tornar bonito. Apenas isso: bonitos, belos ou embelezados, tratados com carinho, cuidado e atenção. Amores levados com arte e ternura de mãos jardineiras.
Aí esses amores que são verdadeiros, eternos e descomunais de repente se percebem ameaçados apenas e tão somente porque não sabem ser bonitos: cobram, exigem, rotinizam, descuidam, reclamam, deixam de compreender, necessitam mais do que oferecem, precisam mais do que atendem, enchem-se de razões.
Sim, de razões. Ter razão é o maior perigo no amor. Quem tem razão sempre se sente no direito (e o tem) de reinvindicar, de exigir justiça, equidade, equiparação, sem atinar que o que está sem razão, talvez passe por um momento de sua vida no qual não possa ter razão. Nem queira. Ter razão é um perigo: em geral enfeia o amor, pois é invocado com justiça mas na hora errada. Amar bonito é saber a hora de ter razão.
Ponha a mão na consciência. Você tem certeza que está fazendo o seu amor bonito? De que está tirando do gesto, da ação, da reação, do olhar, da saudade, da alegria do encontro, da dor do desencontro, a maior beleza possível? Talvez não. Cheio ou cheia de razões, você espera do amor apenas aquilo que é exigido por suas partes necessitadas, quando talvez dele devesse pouco esperar, para valorizar melhor tudo de bom que de vez em quando ele pode trazer. Quem espera mais do que isso sofre, e sofrendo deixa de amar bonito. Sofrendo, deixa de ser alegre, igual criança. E sem soltar a criança, nenhum amor é bonito.
Não tema o romantismo. Derrube as cercas da opinião alheia. Faça coroas de margaridas e enfeite a cabeça de quem você ama. Saia cantando e olhe alegre. Recomendam-se: encabulamentos, ser pego em flagrante gostando, não se cansar de olhar... e olhar, não atrapalhar a convivência com teorizações, adiar sempre, se possível com beijos, “aquela conversa importante que precisamos ter”, arquivar se possível, as reclamações pela pouca atenção recebida.
Para quem ama toda atenção é sempre pouca. Quem ama feio não sabe que pouca atenção pode ser toda atenção possível. Quem ama bonito não gasta o tempo dessa atenção cobrando a que deixou de ter. Não teorize sobre o amor (deixe isso para nós, pobres escritores que vemos a vida como criança de nariz encostado na vitrine, cheia de brinquedos dos nossos sonhos): não teorize sobre o amor, ame. Siga o destino dos sentimentos aqui e agora. Não tenha medo exatamente de tudo o que você teme, como: a sinceridade, de não dar certo, de depois vir a sofrer (sofrerá de qualquer jeito), de abrir o coração, de contar a verdade do tamanho do amor que sente.
Jogue pro alto todas as jogadas, estratagemas, golpes, espertezas, atitudes sabidamente eficazes (não é sábio ser sabido): seja apenas você no auge de sua emoção e carência, exatamente aquele você que a vida impede de ser. Seja você cantando desafinado, mas todas as manhãs. Falando besteiras, mas criando sempre. Gaguejando flores. Sentindo o coração bater como no tempo do Natal infantil. Revivendo os carinhos que instruiu em criança. Sem medo de dizer, eu quero, eu gosto, eu estou com vontade.
Talvez aí você consiga fazer o seu amor bonito, ou fazer bonito o seu amor, ou bonitar fazendo seu amor, ou amar fazendo o seu amor bonito(a ordem das frases não altera o produto), sempre que ele seja a mais verdadeira expressão de tudo o que você é e nunca, deixaram, conseguiu, soube, pôde, foi possível, ser.
Se o amor existe, seu conteúdo já é manifesto. Não se preocupe mais com ele e suas definições. Cuide agora da forma. Cuide da voz. Cuide da fala. Cuide do cuidado. Cuide do carinho. Cuide de você. Ame-se o suficiente para ser capaz de gostar do amor e só assim poder começar a tentar fazer o outro feliz.

Read more...

Que calor!

10.05.2008

Que calor é esse minha gente? Aiaiai... Como todos sabem, Brasília tem um clima seco e quente. Quando chove é um alívio, pois a umidade aumenta, a poeira diminui e etc e tal... Ontem e hoje, no entanto, o calor arrochou aqui no DF, depois da linda e poderosa chuva de sexta à noite. Dá até falta de ar! Eu que não sou fã de piscina, queria mesmo era poder pular dentro de uma agora e me refrescar... Ufa! Tá difícil assim!!! Bjo grande.

Read more...

Olhos nos olhos.

10.02.2008

Me peguei pensando essa semana sobre o amor. É possível amar alguém sem estar afim de abrir a alma e o coração para esse amor? Não precisamos abrir a guarda para deixar o amor fluir? É claro que a pessoa certa, no lugar certo ajuda, mas precisamos estar dispostos a ver e querer nos aproximar dessa pessoa, pois se não houver ao menos uma troca de olhares, o momento, que poderia ser único, passa, e continuaremos procurando o "nosso grande amor". Conheci meu marido na casa de uma amiga há 16anos. Ele estava com a namoradinha. Eu de rolo com um rapaz de BH (olha aí Paula!). Espevitada, alegre, tocando e cantando, eu vestia um vestido azul curto e meio rodado, amarradinho na frente (decotado), usava um lápis preto nos olhos, um batom vermelho e tinha o cabelo comprido e solto. Desculpa aí, mas eu estava muito gata! E ele me olhava. Os olhos deles eram, e são, lindos, cor de mel. Nunca desviei meu olhar de quem me olhava. Gostava, e gosto, de olhar as pessoas nos olhos. Isso chamou a atenção dele. Os olhos dele também me chamaram a atenção. Nele, me chamou a atenção também, a ousadia de estar com a namorada e me encarando, mas não dei bola para ele (não era o fim, o cara de namorada e me olhando?!?). O tempo passou, ele terminou com a namorada, e saímos um dia, começamos a namorar e estamos aí hoje, casados, com três filhos e felizes. Mas eu abri a guarda. Ele também. Minha mãe tem reclamado de solidão. Ela é divorciada e mora sozinha (após o fracasso de dois relacionamentos longos). Observei, saindo com ela, que ela é tímida. É uma mulher forte, inteligente, mas não olha nos olhos dos homens que a encaram, apesar de ser muito bonita, está sozinha há muito tempo. Quando a encaram, ela abaixa a cabeça, olha pros lados, nunca nos olhos desses homens. Aí comprovo minha "tese": Se não abrirmos a guarda, e os olhos, as pessoas vêm e vão embora e nós, na maioria das vezes, nem vemos, não é mesmo. Para amar e ser amado temos que estar dispostos a isso. É como diz um amigo sobre o sucesso e adapto aqui, sobre o amor:

"O sucesso (o amor) é um ser com cabelo na frente e careca atrás.
Um vez que passe despercebido, e você não puxe pelos cabelos,
torna-se muito difícil puxá-lo de volta pela careca.
Fique atento!"
Dias felizes. Cláudia PS.: Desculpe a falta de alguns acentos... meu teclado endoidou.
Gente!!!!!!!!!!!
Convido-os a conhecer um blog que eu e algumas amigas estamos escrevendo em conjunto. Nele temos aqueles papos de botiquim, que só numa roda de mulheres pode-se ouvir. Gostamos de dar motivos para boas risadas também.
Creio que vão gostar... http://cantodeprosear.blogspot.com
Bjos....

Read more...

Um pouco de Fernando Pessoa!

9.28.2008

"Eu amo tudo o que foi Tudo o que já não é A dor que já não me dói A antiga e errônea fé O ontem que a dor deixou O que deixou alegria Só porque foi, e voou E hoje é já outro dia." Fernando Pessoa

Read more...

A arte de entender... pessoas!

9.27.2008

'CONHECER E TRATAR COM PESSOAS PRECISA HABILIDADE,
NÃO É PARA QUALQUER UM' (Texto de Max Gehringer )
Durante minha vida profissional, eu topei com algumas figuras cujo sucesso surpreende muita gente. Figuras sem um Vistoso currículo acadêmico, sem um grande diferencial técnico, sem muito networking ou marketing pessoal. Figuras como o Raul.
Eu conheço o Raul desde os tempos da faculdade. Na época, nós tínhamos um colega de classe, o Pena, que era um gênio. Na hora de fazer um trabalho em grupo, todos nós queríamos cair no grupo do Pena, porque o Pena fazia tudo sozinho. Ele escolhia o tema, pesquisava os livros, redigia muito bem e ainda desenhava a capa do trabalho - com tinta Nanquim. Já o Raul, nem dava palpite. Ficava ali num canto, dizendo que seu papel no grupo era um só, apoiar o Pena.
Qualquer coisa que o Pena precisasse, o Raul já estava providenciando, antes que o Pena concluísse a frase. Deu no que deu. O Pena se formou em primeiro lugar na nossa turma. E o resto de nós passou meio na carona do Pena - que, além de nos dar uma colher de chá nos trabalhos, ainda permitia que a gente colasse dele nas provas. No dia da formatura, o diretor da escola chamou o Pena de 'paradigma do estudante que enobrece esta instituição de ensino'. E o Raul ali, na terceira fila, só aplaudindo.
Dez anos depois, o Pena era a estrela da área de planejamento de uma multinacional. Brilhante como sempre, ele fazia admiráveis projeções estratégicas de cinco e dez anos. E quem era o chefe do Pena? O Raul. E como é que o Raul tinha conseguido chegar àquela posição? Ninguém na empresa sabia explicar direito.
O Raul vivia repetindo que tinha subordinados melhores do que ele, e ninguém ali parecia discordar de tal afirmação. Além disso, o Raul continuava a fazer o que fazia na escola, ele apoiava. Alguém tinha um problema? Era só falar com o Raul que o Raul dava um jeito.
Meu último contato com o Raul foi há um ano. Ele havia sido transferido para Miami, onde fica a sede da empresa. Quando conversou comigo, o Raul disse que havia ficado surpreso com o convite. Porque, ali na matriz, o mais burrinho já tinha sido astronauta. E eu perguntei ao Raul qual era a função dele. Pergunta inócua, porque eu já sabia a resposta. O Raul apoiava. Direcionava daqui, facilitava dali, essas coisas que, na teoria, ninguém precisaria mandar um brasileiro até Miami para fazer.
Foi quando, num evento em São Paulo , eu conheci o Vice-presidente de recursos humanos da empresa do Raul. E ele me contou que o Raul tinha uma habilidade de valor inestimável:... ele entendia de gente. Entendia tanto que não se preocupava em ficar à sombra dos próprios subordinados para fazer com que eles se sentissem melhor, e fossem mais produtivos. E, para me explicar o Raul, o vice-presidente citou Samuel Butler, que eu não sei ao certo quem foi, mas que tem uma frase ótima:
'Qualquer tolo pode pintar um quadro, mas só um gênio consegue vendê-lo'.
Essa era a habilidade aparentemente simples que o Raul tinha, de facilitar as relações entre as pessoas. Perto do Raul, todo comprador normal se sentia um expert, e todo pintor comum, um gênio. Essa era a principal competência dele.
'Há grandes homens que fazem com que todos se sintam pequenos.
Mas, o verdadeiro Grande Homem é aquele que faz com que todos se sintam Grandes.'
Bjo e bom final de semana!

Read more...

Identifique-se e assine aqui, por favor...

9.20.2008

Hoje à tarde, fui com meus filhos comprar tênis no shopping. Não vou aqui falar dos preços que acho exorbitantes, mas da nova lei que está na praça do DF e, eu, comerciante de carteirinha, não sabia.
Com a clonagem de cartões, que já é assunto de muitos blogs na net, as lojas sentiram-se obrigadas (inclusive as minhas) pelas operadoras de cartões e o mercado, a exigir o documento de identificação do cliente para conferir a assinatura e o portador. No entanto, muitos clientes se sentem ofendidos quando é solicitada a identidade, como se o caixa estivesse desconfiando dele. Já passamos por diversas situações onde os clientes se negaram a apresentar a identidade, sendo que essa atitude é para a segurança do próprio cliente.
Pois bem, paguei no DÉBITO o tênis, mas a caixa me pediu identidade e asssinatura. Oxe! ASSINATURA NUMA COMPRA NO DÉBITO? (pulei...) O que foi? Desde quando é obrigatória a assinatura na comanda do cartão de débito? Pra que existe a senha? (esclareço que não fiquei com raiva da moça, só me assustei porque minhas lojas não estavam pedindo isso e vi que estávamos falhando aí).
Educadamente, a caixa me mostrou o texto da LEI 4.132, DE 02 DE MAIO DE 2008 (publicada no DOU), do Deputado Raad Massouh, que estava afixada no caixa e eu, como a maioria das pessoas, não ví e nem li.
A lei, que deve estar afixada em local visível no estabelecimento, diz (resumidamente):
  • Ficam obrigados os estabelecimentos comerciais do DF, a exigir documento de identidade com foto, bem como a assinatura de seu titular nas faturas , boletos e extratos de pagamento, no ato da utilização do cartão de crédito e de débito em conta.
  • O cartão só pode ser usado por seu titular (isso é óbvio, mas tem tanta gente que manda o filho ou o cônjuge, com seu cartão e senha, comprar nas lojas!!)
  • Passa a ser obrigatória a anotação do número da identidade e a assinatura do cliente, na via do borderô do cartão que fica na loja.
  • A loja que não fizer isso arcará com os possíveis prejuízos do estorno da venda.
  • Caso o cliente se negue a apresentar o documento, a loja pode negar ou cancelar a venda /contrato, ou exigir outra forma de pagamento.

Segue, para quem desejar, o link da lei na íntegra: http://www.deputadoraad.com.br/noticias/5.htm

Claro que eu já imprimi a lei para as minhas três lojas, mandei plastificar e, amanhã, todas abrirão com esse texto afixado no caixa. E gente, para os desavisados como eu, um conselho: vamos ler o que está afixado nas lojas, principalmente nos caixas, e entender que essa é uma iniciativa que visa proteger o cliente e não ofender.

Beijo carinhoso e um bom final de semana.

Cláudia

Read more...

Ausência...

9.19.2008

Oiiiiiii, gente!
Ando numa correria doida, mas dessa vez o assunto sou Eu!
Surpresos?!?
Não fiquem, mas juntei à minha correria diária, todos os exames pré-operatórios para, finalmente, fazer a minha cirurgia da vesícula (a minha está com um pedrão), pois não tenho me sentido muito bem. Junto a ela, estou pensando se faço a cirurgia bariátrica logo, e assim, realizo o sonho de perder peso de forma mais definitiva, mas isso é outro assunto que falarei em outro blog, que está em construção.
Quero aqui dizer hoje que estou bem, nao abandonei meu canto preferido (meu blog!) e continuo visitando os blogs que gosto, e outros novos que estou gostando e estarei acrescentando aos meus preferidos logo que tiver um tempinho maior. Não se esqueçam de mim, ok... estou precisando de força para não desistir e levar todos os tratamentos que estou fazendo até o fim dessa vez e ficar boa, bonita e poderosa! (kkkkkkkkkk). "Sonhe com o que você quiser.
Vá para onde você queira ir.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só temos uma chance
de fazer aquilo que queremos.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz."
Quero agradecer aqui pelo selo Prêmio Dardos que recebi, de novo, do blog Facetas de mim. Obrigada. Adorei!!!!!!! Um beijo enorme e saudoso!

Read more...

Não confronte!

9.09.2008

"Se alguém lhe bloquear a porta,
não gaste energia com o confronto,
procure as janelas.
Lembre-se da sabedoria da água:
A água nunca discute com seus obstáculos.
Ela os contorna." (A.D)
Boa semana a todos!
Foto do Google

Read more...

Sábias palavras.

9.07.2008

"Já decidi que o dinheiro não vai pagar, não vai pagar, a minha paz!!!"
Ed Motta
Quanto tempo faz que você não dança, não canta, não brinca ou dá pulos de alegria e quase todo seu tempo é tomado por trabalho, trabalho, trabalho?????????
Observo diariamente a busca desenfreada por dinheiro das pessoas (e me incluo nesse grupo) ao meu redor. Vivemos à merce dele. É como se o dinheiro nos dissesse:
" - Parabéns, você agora me tem e tem que se virar para cuidar de mim e me administrar, caso contrário você vai ficar sem mim... "
Mas quem manda somos nós no dinheiro que temos ou é o dinheiro quem manda na gente? Nos vejo vivendo às voltas dele, infelizes sem ele... É claro que sei que o dinheiro é necessário para viver, comer, estudar, vestir e etc e tal, mas não podemos viver sob a perspectiva se só sermos felizes se tivermos dinheiro, muito menos passar por cima dos outros em nome desse mesmo dinheiro. Meu pai, que sempre trabalhou muito e considero muito sábio, me disse hoje:
" - Filha, estou chegando à conclusão que é possível ser feliz com pouco dinheiro... o dinheiro nos escraviza. Temos sim que ter dinheiro para ter o que precisamos para viver, mas não pode ser muito, pois ele gera a ganância e a busca desenfreada por mais e mais dinheiro, e no final ficamos sem o que mais apreciamos e buscamos ter: a paz de espírito e a companhia das pessoas que mais amamos. " Sábias palavras!

Read more...

O que? Como? Não me lembro...

9.03.2008

"A felicidade não depende do que nos falta,
mas do bom uso que fazemos do que temos. "
John Quincy Adams
Gente! Tenho tido sérios lapsos de memória (assunto para rir muito, mas conto outro dia... risos...) e estou desconfiada que o grande vilão dessa história (ou eu é que sou a vilã?) é a quantidade de horas que tenho dormido à noite (média de 4h). Sempre tive hábitos de coruja, reconheço. Durmo lá pelas 2h, 3h, numa boa, pois à noite fico elétrica e ... faço tudo (tudo mesmo, gente!) render melhor à noite. Em compensação, de manhã não sirvo pra nada. Acordo às 6h30m, arrumo as crianças para a escola e volto pra cama, pois meu marido os leva pra aula. Leio por cerca de 40 min., 1 hora e durmo de novo até as 10, 11h da manhã.
Se for calcular, durmo cerca de 7h (4 de noite e 3 de manhã). Pra mim está bom assim, mas minha memória não anda concordando muito comigo não! Aí fico pensando: será que a qualidade do sono realmente substitui a quantidade? Sei não...

Read more...

A Idade de Ser Feliz!

8.31.2008

Existe somente uma idade para a gente ser feliz,
somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-las a despeito de todas as dificuldades e obstáculos. Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo, nem culpa de sentir prazer. Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida, a nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor. Tempo de entusiasmo e coragem em que todo o desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso. Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa. desconhecido
Esse texto representa o meu sentimento perante esse meu aniversário que acabou de passar (dia 29, fiz 39 anos!). Foi um dia especial e que chorei e rí muito... Ganhei mimos, festa-surpresa, abraços e muitas, muitas demonstrações de afeto e carinho. Fiquei feliz!
É claro que fiz projetos para daqui a um ano, quando farei 40. Projetos de vida, de sucesso, de dedicação, de ajudar mais ao próximo, de cuidar mais e melhor de mim, do meu marido, filhos e dos meus pais, de cultivar amigos verdadeiros que estão sempre comigo, minhas irmãs e irmão...
Quero também continuar postando aqui e no Canto de Prosear. Quero ler mais, tocar mais, cantar mais, ler e escrever mais, sorrir mais (e chorar também, se necessário), rezar mais, amar, perdoar, abraçar e beijar mais e mais e mais.
Será um ano que quero crescer muito espiritualmente e ser uma pessoa melhor. Como farei isso? Não sei... mas não vou me deixar desviar. Quero completar 40 anos tendo a certeza de que vivi o presente dos meus 39 anos, dia-após-dia, fazendo muita coisa que eu já devia ter feito e protelei.
Então, mãos à obra!!!
Uma boa semana, Cláudia

Read more...

Apaixone-se...

8.29.2008

As paixões são como ventanias
que inflam as velas dos navios
fazendo-os navegar,
outras vezes podem fazê-los naufragar,
mas se não fossem as velas, não haveria viagens,
nem aventuras, nem descobertas.
Voltaire

Read more...

Atire a primeira pedra...

8.26.2008

Atire a primeira pedra Quem não sofreu, quem não morreu por amor Todo corpo que tem um deserto Tem um olho de água por perto
Para ouvir basta abrir os poros Para aceitar basta oferecer Para que adiar um desejo De alguém que lhe quer tanto beijo
Quem de vocês Resiste a uma tentação Quem pretende revogar a lei do coração
Quem ousaria Dessas vozes duvidar Deixa a sua natureza se manifestar
Deixa a sua natureza se manifestar Deixa a sua natureza se manifestar
Marisa Monte Fonte: musica.com

Read more...

Receita da Jovialidade.

8.25.2008

Jogue fora todos os números não essenciais para sua sobrevivência. Isso inclui idade, peso e altura. Deixe o médico se preocupar com eles. Para isso ele é pago. Freqüentemente, dê preferência aos seus amigos alegres. Os de "baixo astral" puxam você para baixo. Continue aprendendo... Aprenda mais sobre computador, artesanato, jardinagem, qualquer coisa. Não deixe seu cérebro desocupado. Uma mente sem uso é a oficina do diabo. E o nome do diabo é Alzheimer. Curta coisas simples. Ria muito e, muito e alto. Ria até perder o fôlego. Lágrimas acontecem. Agüente, sofra e siga em frente. A única pessoa que acompanha você a vida toda é você mesmo. Esteja vivo, enquanto você viver! Esteja sempre rodeado daquilo que você gosta: família, animais, lembranças, música, plantas, um hobby, o que for. Seu lar é o seu refúgio. Aproveite sua saúde. Se for boa, preserve-a. Se está instável, melhore-a. Se está abaixo desse nível, peça ajuda. Não faça viagens de remorso. Faça uma viagem, para cidade vizinha, para um país estrangeiro, mas não faça viagens ao passado. Diga a quem você ama, que você realmente os ama, em todas as oportunidades. E lembre-se sempre que: A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego: de tanto rir... de surpresa... de êxtase... de felicidade... "Há pessoas que transformam o sol numa simples mancha amarela, mas há também aquelas que fazem de uma simples mancha amarela o próprio sol." P. Picasso

Read more...

Se não quiser adoecer... seja feliz!

8.24.2008

Dando continuidade aos meus posts sobre relacionamentos, hoje quero falar sobre alguns cuidados que devemos ter conosco. Acredito piamente que o principal passo para ser amado(a) e amar alguém é gostar de si mesmo. Se não nos amamos, de onde tiraremos amor para dar a outra pessoa?
O amor ao próximo está diretamente ligado ao amor próprio, caso contrário, pode-se cair no erro de depositar a responsabilidade por sua felicidade nos ombros alheios, o que só traz dependência e sobrepeso. Lembre-se: o primeiro passo para fazer o outro feliz é ser feliz!
Resolvi, então, (re)publicar esse texto que acho muito verdadeiro. Lembre-se:
SE NÃO QUISER ADOECER... SEJA FELIZ!
"Se não quiser adoecer – “Tome decisão”. A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é cheia de decisões, para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.
Se não quiser adoecer – “Busque soluções”. Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.
Se não quiser adoecer – “Não viva de aparências”. Quem esconde a realidade, finge, faz pose, quer sempre dar a impressão de que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho, etc..., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.
Se não quiser adoecer – “Aceite-se”. A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.
Se não quiser adoecer – “Confie”. Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.
Se não quiser adoecer – “Não viva sempre triste”. O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.
“O bom humor nos salva das mãos do doutor”. Alegria é saúde e terapia."
Dr. Drauzio Varela
Tenha uma linda e abençoada semana! Com carinho, Cláudia Fonte: Mensagem lida no blog Palavras ao Vento - Foto de Seen

Read more...

Meme e selo recebidos...

8.23.2008

Estou atrasadíssima, eu sei, mas não esqueci, certo! E se não esquecer, pode!

Há algum tempo recebi da Rita o "Meme do Livro", que achei maravilhoso. O incentivo à leitura e ao pensar são sempre ótimos de ver e melhor ainda de participar. Então vamos lá!
A regra é a seguinte:
  1. Tenho que escolher um livro com mais de 161 páginas.
  2. Ir para a página 161
  3. Procurar nessa página a 5ª frase completa
  4. Transcrever para o seu blog, na íntegra, a frase encontrada.
  5. Repassar o desafio para 5 blogs à sua escolha.

Escolhi o livro: Limites no Casamento, de Dr. Henry Cloud e Dr. John Townsend (vocês devem estar pensando que estou em crise no casamento (risos), mas não estou não. É que leio um monte de livros ao mesmo tempo, e como venho falando de relacionamentos nos últimos posts, decidi dar continuidade ao assunto.)

Trecho do livro:

"Então, quando estavam totalmente absortos em seus pensamentos, sentindo-se apaixonados novamente, pedi que olhassem para o cônjuge que estavam idealizando naquele momento e dissessem: "Amor, sou um pecador. Vou decepcioná-lo e magoá-l0".

Explicação:

Nesse capítulo o autor fala de compaixão e perdão no casamento, e pede que as pessoas pensem nos momentos bons que já tiveram com o ser amado e depois façam o que está na frase acima. Imagina! Que banho de água fria... mas casamento sem compaixão, aceitação e perdão, gente, não existe.

No livro, os psicólogos Henry Cloud e John Townsend, mostram como os casais podem tirar o máximo proveitoso de relação conjugal. O casal aprenderá a lidar com transgressões graves e também encontrará um refúgio seguro para o amor, o interesse, a apreciação e o crescimento mútuos. Ilustrado com muitos exemplos, este livro é um dos melhores investimentos que o casal pode fazer para garantir o seu bem-estar.

Repasso para os amigos:

Patrycia, Paula Basques, Vanna, Patty e Marcos.

**********************************************************************************

UM LINDO SELO (PRÊMIO DARDOS)!

A Paula Basques, inclusive, me presenteou com um selo lindo essa semana! Curiosa que só eu, pesquisei sobre esse selo e descobri o seguinte:

"Com o Prêmio Dardos, se reconhecem os valores que cada blogueiro mostra cada dia em seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. , que em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras." Mãe Gaia.

Obrigada, Paulinha!!! A-M-E-I!

Sei que tenho que repassar, mas hoje, no entanto, vou ficar com ele para mim... (com licença!). Mas vou repassá-lo em breve para blogs que gosto muito.

Bjo. enorme, Cláudia.

Read more...

A importância do perdão!

8.17.2008

Há algo mais difícil do que perdoar? Aquele perdão verdadeiro, de coração?

Confesso que eu sempre tive dificuldade de fazê-lo. Não que eu ficasse me martirizando, alimentando a raiva, o ódio ou tramando uma revanche. Mas ficava com raiva e pronto (por tempo indeterminado)!
Hoje, quando me sinto realmente insultada, costumo me afastar da pessoa por um tempo, mas não alimento a raiva. Tenho absoluta consciência de que, grande parte das pessoas que nos ofendem, o fazem sem pensar, falando demais por impulso, exagerando... se defendem por se sentirem acuadas. Sei que tem gente ruim no mundo, mas a maioria não é ruim. Só está num momento ruim. Mudei porque agora eu procuro me colocar no lugar dos outros e reconhecer que eu também erro, falo besteiras, tomo decisões erradíssimas, por estar com a cabeça quente, e procuro força, no fundo do meu coração, para não falar ou escrever algo que possa ferir os outros e, principlamente, que eu venha a me arrepender depois, porque depois de proferida a palavra, ela não tem mais volta. Mas eu erro sim. Muito. Afinal, não sou nenhuma santa, né!
É claro que esse não ficar remoendo as coisas, eu aprendi com o tempo, com as porradas da vida e com a benção de Deus, porque já fui sim muito rancorosa, mas isso me machucava mais do que me ajudava.Perdoar é necessário, porque nada ganhamos com a raiva e o ódio em nossos corações, a não ser o distanciamento de pessoas que amamos e nos amam, solidão, ou, no mínimo, uma boa úlcera, músculos tensos e, em alguns casos, até um câncer... Perdoar é essencial, principalmente se a pessoa for importante na sua vida. Não carreguem as pedras do caminho. Elas pesam demais e só darão dor nas costas de quem as carrega.

Bjo, Claudia
Imagem do google. Para completar esse post de hoje, selecionei um textinho que eu gosto muito. Leiam com atenção! A importância do perdão
O pequeno Zeca entra em casa, após a aula, batendo forte os seus pés no assoalho da casa. Seu pai, que estava indo para o quintal para fazer alguns serviços na horta, ao ver aquilo chama o menino para uma conversa.
Zeca, de oito anos de idade, o acompanha desconfiado. Antes que seu pai dissesse alguma coisa, fala irritado:
-Pai, estou com muita raiva. O Juca não deveria ter feito comigo. Desejo tudo de ruim para ele.
Seu pai, um homem simples mas cheio de sabedoria, escuta calmamente, o filho que continua a reclamar: - O Juca me humilhou na frente dos meus amigos. Não aceito. Gostaria que ele ficasse doente sem poder ir à escola.
O pai escuta tudo calado enquanto caminha até um abrigo onde guardava um saco cheio de carvão. Levou o saco até o fundo do quintal e o menino o acompanhou, calado. Zeca vê o saco ser aberto e antes mesmo que ele pudesse fazer uma pergunta, o pai lhe propõe algo:
- Filho, faz de conta que aquela camisa branquinha que está secando no varal é o seu amiguinho Juca e cada pedaço de carvão é um mau pensamento seu, endereçado a ele. Quero que você jogue todo o carvão do saco na camisa, até o último pedaço. Depois eu volto para ver como ficou.
O menino achou que seria uma brincadeira divertida e pôs mãos à obra. O varal com a camisa estava longe do menino e poucos pedaços acertavam o alvo. Uma hora se passou e o menino terminou a tarefa. O pai que espiava tudo de longe, se aproxima do menino e lhe pergunta: - Filho como está se sentindo agora? Estou cansado mas estou alegre porque acertei muitos pedaços de carvão na camisa.
O pai olha para o menino, que fica sem entender a razão daquela brincadeira, e carinhoso lhe fala: - Venha comigo até o meu quarto, quero lhe mostrar uma coisa.
O filho acompanha o pai até o quarto e é colocado na frente de um grande espelho onde pode ver seu corpo todo. Que susto! Só se conseguia enxergar seus dentes e os olhinhos. O pai, então, lhe diz ternamente: - Filho, você viu que a camisa quase não se sujou; mas, olhe só para você. O mau que desejamos aos outros é como o lhe aconteceu. Por mais que possamos atrapalhar a vida de alguém com nossos pensamentos, a borra, os resíduos, a fuligem ficam sempre em nós mesmos. (Autor desconhecido)
Cuidado com seus pensamentos; eles se transformam em palavras.
Cuidado com suas palavras; elas se transformam em ações.
Cuidado com suas ações; elas se transformam em hábitos.
Cuidado com seus hábitos; eles moldam o seu caráter.
Cuidado com seu caráter; ele controla o seu destino.
(Revista da Folha 31/01/99)

Read more...

(IN)Tolerância...

8.15.2008

Pode um casamento sobreviver à falta de companheirismo, tolerância, perdão (entre ambos e os que ambos amam)? Só o amor e o sexo bastam? Tenho visto muitos casamentos acabarem porque o casal não quer ceder em nada. Normalmente, um enrijece e o outro, cansado, enrijece também. Mas o casamento precisa do perdão. Sem a vontade de superar obstáculos, discutir os problemas, resolver esses problemas, colocar uma pedra em cima e tocar o barco, não há como manter uma relação. É necessário que ambos entendam que um deve estar ao lado do outro e aceitá-lo incondicionalmente, e que não há um lado mais fraco nessa história. No meio de uma confusão, e de dois corações rígidos e dispostos a não ceder, o que se torna frágil é mesmo o casamento. Se uma coisa não está boa para um dos lados, isso deve ser resolvido. Dado o tempo necessário para que ambos se ergam, o assunto deve ser esclarecido de uma maneira que ambos se sintam bem, e depois deve ser deixado pra trás. A vida a dois, onde um faz questão do outro, deve ser regada, alimentada. Não adianta dar bens materiais, morrer de trabalhar para dar ao outro “tudo” que ele ou ela sonha, se não houver companheirismo e um não fizer questão do outro. O egoísmo e o excesso de orgulho só demonstram a falta de amor. Para ter uma união duradoura, creio que o principal papel de ambos deveria fazer e ver o outro feliz. Deveríamos mover céu e terra para que isso acontecesse, mas, infelizmente, o que vemos hoje é um desastre: os casamentos estão esvaindo-se pelos dedos dos casais, com poucas exceções. O divórcio virou moeda de troca. É mais “fácil” separar-se que chegar a um meio-termo, o que é uma infelicidade para as famílias e, creio eu, para os filhos que vivem, e viverão toda a vida, à mercê da compreensão, ou não, dos pais separados. Para viver um casamento feliz é preciso saber e querer relevar. É preciso também desejar passar por cima do que for necessário para estar com o outro. Caso contrário, o casamento vira um poço de ressentimentos, mágoa, falta de amor e, em muitos casos, de ódio. Sejamos mais tolerantes com quem amamos, para darmos um futuro melhor para nós, e para nossos filhos, dando esse belo exemplo a eles: TOLERÂNCIA. Com carinho, Cláudia.

Read more...
Blog Widget by LinkWithin

Eu creio.

Creio, com toda a minha alma, que o meu Deus está no comando de cada ato, gesto, acontecimento, sentimento, pessoa ou coisa, que entra ou sai da minha vida. Ele cuida de mim, e dos meus, o tempo todo, e sou infinitamente grata a Ele por isso.

"O bom de não sabermos todas as coisas é existir alguém que sabe. O melhor de tudo isso é que mesmo sem entender, encostando o ouvido no lugar certo, mesmo numa noite muito escura, a gente vai escutar suas respostas." Lya Luft

Meu selo!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more
http://maisprosadoqueverso.blogspot.com
Loading...