"Enfim você chegou!
Respire fundo. Sorria.
Deixe suas preocupações de lado.
Receba o melhor que esse mundo tem a lhe oferecer,
afinal de contas,
você merece.

Entre e sinta-se em casa!"

Hoje é dia de Paulinho Pedra Azul!

11.29.2008

Foto: Miguel Aun (Foto Elias)
Poucos sabem, mas comecei minha faculdade de jornalismo na antiga Fiube (hoje Uniube), em Uberaba - MG, em 1989. Lá estudei por dois anos. E como uma boa violeira, aprendi as canções do Paulinho Pedra Azul, que eram algumas das favoritas entre os estudantes e nas rodas de violão. Ele tem letras lindas e vou postar hoje um pouco sobre esse grande poeta-músico e três de suas muitas letras. Uma, em especial, eu adoro e me identifico muito com ela: CANTAR (pena eu não ter encontrado a melodia, mas continuarei procurando para mostrar a vocês como essa música é inspiradora). As outras duas, Jardim da Fantasia e Ave Cantadeira, são igualmente lindas e mais conhecidas nacionalmente.
PAULINHO PEDRA AZUL
"Nascido na cidade de Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha (região nordeste de Minas Gerais), Paulinho é compositor, instrumentista, pintor e escritor. Sua produção musical concentra-se principalmente em canções e serestas românticas. O primeiro disco, "Jardim da Fantasia", foi lançado em 1982 pela RCA, quatro anos depois da mudança para São Paulo, e a música-título ficou conhecida. Depois disso, se apresentou com freqüência em universidades, participou de festivais e lançou discos regularmente nas décadas de 80 e 90, obtendo grande sucesso sobretudo em Minas Gerais. Em 1999 lançou o CD "As Estações do Homem" (site do texto aqui).
Jardim da Fantasia
(vídeo do You Tube)
CANTAR
Se numa noite eu viesse ao clarão do luar cantando e aos compassos de uma canção te acordar talvez com saudades cantasses também relembrando aventuras passadas com um passado feliz com alguém. Cantar quase sempre nos faz recordar,sem querer um beijo, um sorriso, ou uma outra aventura qualquer cantando aos acordes do meu violão é que mando depressa ir se embora saudade que mora no meu coração. (repete tudo)
Ave Cantadeira
Lá vou nessa estrada Desafiando o coração Cantando em prosa ou canção Feito uma Ave Cantadeira
Cantar, Cantar, Cantar Viver, Viver, Viver Criar penas de pássaro e voar Voar, voar, voar sofrer, sofrer, sofrer Amar Você
Lá vou eu nesta agonia Levando a dor em minhas mãos fugindo igual a um bicho errante amargurado coração
Cantar, Cantar, Cantar - Sofrer, sofrer, sofrer 2 X voar, voar, sobreviver
Esse é um post do meu projeto Sábado musical. Todo sábado, escolherei um(a) músico(a) ou banda, e publicarei um breve relato sobre a vida e obra deles. Aceito sugestões, ok.
Beijos e um excelente final de semana pra você!

Read more...

Dia de música por aqui!

11.22.2008

Na última quinta, devido à minha correria, não postei a música da Quinta-Feira musical. Então decidi mudar da quinta para o sábado esse dia, pois com certeza, tenho mais tempo de elaborar o dia da música com mais cautela, tempo e afinco.

O músico que escolhi hoje é Milton Guedes.
Música: O sonho se perdeu.
Caçula de uma família de dez irmãos, o Milton Guedes (site aqui) que a gente conhece, na verdade chama-se Milton Carlos Muniz Guedes, e nasceu no Rio de Janeiro, no dia 04 de junho de 63. O pai, funcionário do Ministério da Marinha, foi transferido para Brasília quando o Milton tinha apenas 1 ano de idade e foi na capital do país que tudo aconteceu. Começou a aprender a tocar com um vizinho, João Batista, músico que lhe ofereceu as primeiras aulas de saxofone e flauta. Aos 18 anos, o menino tímido e careta, como ele próprio se define, começou a tocar e cantar nos barzinhos de Brasília, como vocalista da banda "Pôr do Sol". Fez parte das trupes de Oswaldo Montenegro e Lulu Santos. Ele despontava com seu sax, sua flauta, sua gaita e também com seu inconfundível assobio. Hoje percorre os palcos com sua carreira solo e comm uma equipe de primeira, traz um show delicioso, que arranca aplausos de públicos de todas as idades. Uma das músicas destaque da Série Riacho Doce, O sonho se perdeu eternizou-se.
O SONHO SE PERDEU

A vida era um menino

Menino como eu

Me conta a minha vida

Que foi que aconteceu

Será que foi no vento

que o sonho se perdeu
Por onde você anda
O que te aconteceu

O amor é tão difícil

pra gente compreender

De dia quer a noite

De noite o amanhecer

Ah seu tivesse uma magia

Pro tempo adormecer
pro amor virar poesia
Pra eu nunca mais sofrer

A vida continua

Meu canto de brincar
Onde é que andava a lua
quando eu quis namorar
Ah! minha Santa Aparecida
Vem me abençoar
Me diz em que poesia
O amor esconde o dom de amar.

Read more...

Corre-corre danado!

11.20.2008

Gente! Estou numa correria doida tentando a liberação do meu plano de saúde para uma cirurgia que preciso fazer (vide detalhes aqui!) e, por isso, não tenho tido muito tempo de atualizar meus blogs, e nem de visitar e comentar os blogs que adoro. Estou com menos tempo ainda de conhecer as muitas idéias maravilhosas de blogs que aparecem pela net diariamente (comprei a revista com os 80 melhores blogs da Internet, mas também não tive tempo de lê-la ainda).
O que me conforta é saber que essa fase vai passar, como tudo na vida, e que conseguirei fazer o que preciso e, em breve, voltarei a poder fazer o que gosto, que aqui é estar com vocês. Rezem por mim para que tudo dê certo e corra bem. Continuarei dando notícias e, claro, correndo atrás do que preciso! Bjo.

Read more...

Prêmio Dardos!

11.16.2008

Acabei de receber a indicação ao prêmio Dardos, que dessa vez veio da Fê_Notável, e fiquei muito feliz. Receber um prêmio uma vez é bom demais... três então!!!! Amei!
Quem recebe o "Prêmio Dardos” e o aceita deve seguir algumas regras:
1. Exibir a distinta imagem.Vocês poderão vê-la no slide de selos recebidos pelo blog (à direita).
2. Linkar o blog pelo qual recebeu o prêmio.O Algumas Observações já está linkado aqui.
3. E escolher quinze (15) outros blogs a que entregar o “Prémio Dardos”. (Aí é que o bicho pega!)
Como hoje não estou lá essas coisas, pois uma azia está acabando comigo, prometo indicar os blogs escolhidos ainda essa semana.
Obrigada, Fê.
Bjos e boa semana a todos.

Read more...

Coisinhas minhas! (Meme)

Nome: Cláudia Gonçalves Idade: 39 anos Local de Nascimento: Brasilia - DF Peso: prefiro não comentar (risos!) Altura: 1,68Kg Apelido de infância: nunca tive. Qual é a sua maior qualidade? Autenticidade. E seu maior defeito? Ansiedade. Qual é a característica mais importante em um homem? Ser verdadeiro, batalhador e presente. E em uma mulher? Ser verdadeira, carinhosa e saber falar e calar na hora certa. Qual é a sua idéia de felicidade? Ter meu canto, meu trabalho, ser e ver quem amo feliz e com saúde. E o que seria a maior das tragédias? Morrer e deixar meus filhos sem mãe. Quem você gostaria de ser se não fosse você mesmo? Não sei... eu não gostaria de ser outra pessoa. E onde gostaria de viver? À beira-mar Qual é sua cor favorita? Rosa E o seu desenho animado? Papa-léguas. Quais são os seus escritores preferidos? Tania Zagury, Lya Luft, Clarice Lispector... vixe, são muitos. E seus cantores e /ou grupos musicais? Marisa Monte, Caetano Veloso e, por incrível que pareça, Vitor e Léo - a primeira dupla sertaneja que gosto de ouvir. O que te faz feliz instantaneamente? Ver meus filhos, marido e familiares felizes. Quais dons você gostaria de possuir? O dom da Paz. Você tem medo da morte? Não. Tenho medo de deixar meus filhos desamparados e sem o meu amor. Quem é seu personagem de ficção favorito? Nenhum Qual defeito é mais fácil de perdoar? Preguiça. Qual é o lema de sua vida? Viver e deixar viver. Qual sua maior extravagância? Comprar jóias. Qual sua viagem preferida? Ir para a praia em família Se pudesse salvar apenas um objeto de um incêndio, qual seria? Minha Bíblia. Qual é o maior amor de sua vida? Deus Onde e quando foi mais feliz? Hoje, agora. Qual é sua ocupação favorita? Ser mãe. Pensa em ter filhos? Já os tenho, graças a Deus! Quantos? 3, Filipe com 13, Bruno com 10 e Júlia com 6 anos. Um animal de estimação: nenhum Uma atividade física: Yoga Um esporte: Sapateado Um prato que sabe fazer: Lasanha Uma comida que adora: Doce Uma invenção tecnológica sem a qual não vive: Celular Gasta mais dinheiro com: roupas, calçados e remédios. Uma inabilidade: Ignorar a injustiça e a indiferença com quem amo. O que não faria em nome da vaidade? Botox na boca. Uma mania: Dormir tarde. Uma saudade: Meus avôs e minha avó. O primeiro beijo: 13 anos. Meme recebido pela Sara. O repasso para a Patty, Paula e Vanna. Beijos e boa semana a todas.

Read more...

Acreditar...

11.15.2008

"De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando... A certeza de que é preciso continuar... A certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminar... Façamos da interrupção um caminho novo... Da queda, um passo de dança... Do medo, uma escada... Do sonho, uma ponte... Da procura, um encontro!" Fernando Sabino

Read more...

Quinta-feira é dia de música por aqui!

11.13.2008

Eu sou o que canto e canto o que sou. Só não vê, quem não quer.. E para fazer juz a essa paixão, toda quinta-feira estarei postando aqui uma música, seu vídeo (se houver) e falando sobre quem canta e/ou compôs...

Hoje, para abrir com chave de ouro o meu projeto quinta-feira musical, quero falar de uma harpista brasileira que canta e toca M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-M-E-N-T-E bem, e esteve no Programa do Jô, no dia 06/11/2008. Estava trabalhando e escutei o cantarolar e tocar suave dela, aí eu corri para ver quem era... Que voz suave... Adorei! O que mais me impressionou foi eu nunca tê-la visto e descobrir que ela já cantou com tanta gente que adoro!
No Jô, ela tocou sua Harpa e cantou a música TRISTE, de Tom Jobim, e vale sim postar aqui, para que todos vejam que lindo ficou e conheçam um pouco mais dessa harpista incrível.
Cristina Braga, que é a minha escolhida de hoje.
"Dona de um talento extraordinário que a permite transitar da bossa-nova ao samba, passando pelo choro até os grandes clássicos, Cristina Braga é primeira harpista do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e desde cedo, trilhou paralelamente à sua carreira clássica um caminho consistente e inesperado na MPB. Nos últimos anos Cristina guardou a surpresa de revelar uma voz linda e suave." Fonte site Biscoito Fino.
"Ocupa o cargo de 1a. Harpista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro aonde tocou sob a batuta de nomes como Mstislav Rostropovich, Gabor Oetvos, Karl Martin, José Maria Florêncio, Mário Tavares, David Machado e Sílvio Barbato, entre outros, acumulando grandes elogios.
Participou de gravações em discos de Nando Reis, Zeca Baleiro, Zélia Duncan, Marisa Monte, Taiguara, Bia Bedran, e fez a trilha sonora ao lado de Ricardo Medeiros, para o documentário sobre Fernando Lemos de Guilherme Coelho, e o filme Amigo Invisível de Maria Letícia.É uma das diretoras do Congresso Mundial de Harpas e idealizou e dirigiu por quatro edições o Festival Vale do Café, nas montanhas da região histórica do café, no Rio de Janeiro." Texto publicado no release do You Tube.
Vídeo e letra para cantarmos com ela!
TRISTE
(TOM JOBIM)
"Triste é viver na solidão
Na dor cruel de uma paixão
Triste é saber que ninguém pode viver de ilusão
Que nunca vai ser, nunca vai dar
O sonhador tem que acordar
Tua beleza é um avião
Demais pra um pobre coração
Que pára pra te ver passar
Só pra me maltratar
Triste é viver na solidão
Sad is to live in solitude Far from your tranquil altitude Sad is to know that no one ever can live on a dream That never will be, will never be Dreamer awake, wake up and see Your beauty is an aeroplane So high, my heart can't bear the strain A heart that stops when you pass by only to cause me pain Sad is to live in solitude.
Triste é viver na solidão
Na dor cruel de uma paixão
Triste é saber que ninguém pode viver de ilusão
Que nunca vai ser, nunca vai dar
O sonhador tem que acordar
Tua beleza é um avião
Demais pra um pobre coração
Que pára pra te ver passarSó pra me maltratar
Triste é viver na solidão. "

Bjos e bom final de semana!

Read more...

Hoje é dia de Cecília!!!!!!!

11.07.2008

Sim, sim, sim... hoje está sendo o dia da Cecília Meireles e eu corri o dia todo e não consegui postar mais cedo. Mais ainda há tempo... Se estivesse viva, Cecília Meireles faria 107 anos hoje. Em todas as partes do Brasil estão sendo feitas homenagens a ela hoje e nós, blogueiras, sob o comando de Leonor Cordeiro, não poderíamos ficar fora dessa festa. Lendo e relendo os poemas dela, simplesmente não consegui escolher só um. Então, aí estão os que se identificam comigo hoje (porque tudo dela é lindo!!!!!!!) Serenata "Permita que eu feche os meus olhos, pois é muito longe e tão tarde! Pensei que era apenas demora, e cantando pus-me a esperar-te. Permita que agora emudeça: que me conforme em ser sozinha. Há uma doce luz no silencio, e a dor é de origem divina. Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo, e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo"

SONETO ANTIGO
Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto.
Só do que sei de mim aos outros conto:
de mim, atravessada pelo mundo.
Toda a minha experiência, o meu estudo,
sou eu mesma que, em solidão paciente,
recolho do que em mim observo e escuto
muda lição, que ninguém mais entende.
O que sou vale mais do que o meu canto.
Apenas em linguagem vou dizendo
caminhos invisíveis por onde ando.
Tudo é secreto e de remoto exemplo.
Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
E todos somos pura flor de vento.
Epigrama n. 2
És precária e veloz, Felicidade.
Custas a vir e, quando vens, não te demoras.
Foste tu que ensinaste aos homens que havia tempo,
e, para te medir, se inventaram as horas.
Felicidade, és coisa estranha e dolorosa:
Fizeste para sempre a vida ficar triste:
Porque um dia se vê que as horas todas passam,
e um tempo despovoado e profundo, persiste.
Cecília Meireles
Essa postagem faz parte da Blogagem Coletiva organizada pela Leonor Cordeiro para comemorar a data de aniversário de nascimento da grande Cecília Meireles.

Read more...

Nocaute!!!!!!!!!!

11.05.2008

A vida é uma caixa de surpresas! Eu sou uma mulher independente, profissional, bem resolvida, boa mãe, e o fato de ser boa mãe me fez deixar muita coisa pra trás e dedicar hoje a maior parte do meu tempo aos meus filhos. Trabalho muito, mas consegui trazer boa parte desse trabalho para fazer em casa para acompanhar mais de perto a minha prole. E aí, viro as madrugadas trabalhando... E tempo pra mim que é bom... nada!

Meu marido é também uma pessoa excelente. É trabalhador e muito profissional, pai e marido de dar inveja, no entanto não tem, pela correira diária, muito tempo para a família. Essa função ficou mesmo comigo, junto com todas as outras, mas não acho ruim. Já estou acostumada.
Hoje, no entanto, levei um susto. Bruno, meu filho de 10 anos, estava às voltas com um trabalho valendo 10 pontos e, como faço sempre, fui ajudá-lo. Ele já tinha feito boa parte, mas estava confuso com algumas questões. O trabalho de ciências falava sobre a gestação, infância e adolescência. No final tinha um espaço para agradecer às pessoas que o trouxeram ao mundo por tudo, com as palavras dele.
Ví um coração e dentro estava escrito:
"Pai, eu te amo. Obrigada por me ensinar Matemática, Ciências, Geografia, tudo, e me dar tanto amor. Te amo demais. Bruno."
Como assim???? Não que ele, o pai não mereça, merece sim e muito mais, mas gente, quem ensina tudo da escola a ele sou eu!!!! Se ele falasse: Pai, obrigada pelas risadas, partidas de futebol que assistimos juntos, eu entenderia!!?!
Putis... que pancada! Fui nocauteada com essa. Será que ninguém vê o quanto estou me esforçando pra ser uma boa mãe... Não consegui evitar uma lágrima e saí de perto para que ele não visse. Mas ele viu. Que situação... não quero que ele me enalteça mais que ao pai, ou mude seu textinho só porque me viu chorando. Naquelas palavras estavam a mais pura verdade do seu coração. Mas onde estou errando, gente! Fiquei muito triste. E não é ciúme, para quem quer simplificar tudo. Acho que estou errando em algum ponto e não estou vendo, não sei em que.
Por fim, o bichinho ficou contrariado, me pediu desculpas, mudou o texto, e eu disse que a culpa não era dele, mas sim minha. Não queria que ele mudasse o texto, ou se sentisse culpado por expressar a sua verdade, mas os filhos não imaginam os baques e as alegrias que seus inocentes textos e desenhos podem nos trazer.
Não quero tirar a liberdade de expressão dos meus filhos. Mas que dói, dói, ler essas verdades tão verdadeiras!
E por falar em gratidão à mãe, hoje minha mãe esta fazendo aniversário e vou correr lá para enchê-la de beijos. Obrigada mãe, por tudo que fez e deixou de fazer por mim! Te amoooooooooooooooo!
E não se esqueça de visitar o canto de prosear. Bjos e fui!

Read more...
Blog Widget by LinkWithin

Eu creio.

Creio, com toda a minha alma, que o meu Deus está no comando de cada ato, gesto, acontecimento, sentimento, pessoa ou coisa, que entra ou sai da minha vida. Ele cuida de mim, e dos meus, o tempo todo, e sou infinitamente grata a Ele por isso.

"O bom de não sabermos todas as coisas é existir alguém que sabe. O melhor de tudo isso é que mesmo sem entender, encostando o ouvido no lugar certo, mesmo numa noite muito escura, a gente vai escutar suas respostas." Lya Luft

Meu selo!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more
http://maisprosadoqueverso.blogspot.com
Loading...