"Enfim você chegou!
Respire fundo. Sorria.
Deixe suas preocupações de lado.
Receba o melhor que esse mundo tem a lhe oferecer,
afinal de contas,
você merece.

Entre e sinta-se em casa!"

Feliz, mas com uma saudade danada!!!

3.17.2008

Ai, ai. Desde ontem estou com uma saudade dos amigos que não vejo há muito tempo. Pessoas que foram extremamente importantes na minha vida, mas perdi o contato. Cada um de nós seguiu um caminho diferente e não sei nem como encontrá-los. Fico pensando... Será que reconheço todos na rua? Será que me reconhecem? Não dá para saber. Vou citar alguns aqui: Raquel foi minha melhor amiga até a 6a série. Foi com ela que vivi e sobrevivi às curiosidades da adolescência e bebi meu primeiro "dry martini" - soda com cereja (risos). Claudia, da 7a e 8a., esses dias ví na igreja. Não sei se ela me reconheceu, mas eu fui até ela. Aí sim, ela me conheceu. Fiquei pensando. Será que Deus nos fez reencontrar uma a outra de novo? O laço de amizade já não existe mais? Meu segundo grau tive a Euda, no primeiro ano. Fomos até atropeladas juntas! Nunca mais soube dela. Nos demais anos e até hoje, GRAÇAS A DEUS, minha grande amiga foi e é a Lauren. Lauren é uma preciosidade que amo. Mas me lembro da Dilmeire, Fujíê, Bruno (um gênio), Frederico, etc. Neca foi um grande amigo dos 13 aos 25 anos. Aí casei e nós sumimos um do outro. Perdi totalmente o contato. Soube esses dias que a esposa dele morreu de câncer... Gente! Queria dar uma força pra ele, mas não sei onde encontrá-lo... Na faculdade tive grandes amigas: Em Uberaba - Marcia, Cláudia, Patricia, Alessandra, José Americo, Wilsinho, Anderson Cozzetti. Morei em Uberaba com Lauren e Regina. Morei também com a Rosana, Gislene. Nossa!! Cadê a Gislene? Como eu gostava daquela menina. Mantive contato com ela dos 18 aos 25 anos. Depois ela sumiu. Queria muito vê-la. A Lauren e a Regina permanecem em minha vida até hoje, ainda bem!!!!!!! No Ceub (hoje Uniceub), eu era unha e carne com a Débora Leila. Ela mora em Brasilia, o marido é delegado, mas perdi o contato. Tinha um grupo que eu gostava muito: Ivan, Karla e as filhas Tayssa e Tainah (uma é minha afilhada, ambas foram damas de honra no meu casamento), Cléo, Cláudia Castro, Jussara, Silvia, Mônica, Arlete, Claudia Tranquilinni... gente! Quantas dessas eu era grudada... dormia nas casas delas... sumiram... E o pessoal do encontro de jovens? Gilberto, Gilbertão, Amélia, Delma, Cleber... Onde será que estão? E o coral? Sergio, Rosana, Rosane, Adriano, Felipe, Maestro Valber, Márcia, tanta gente...
A vida é muito engraçada!! As pessoas parecem que têm uma missão. Cada um entra na vida do outro, faz ou fica o tempo determinado, aí somem... cada um segue seu caminho. Fora o pessoal de Coribe, a cidade do meu pai onde eu e minhas irmãs passávamos as férias. Raquel, Kláudio, Dico, Ceiça, Vânia, Nêgo, Osvaldinho, Nara, Guilherme... Do DF: Kiko, Cleber, nossa, cadê esse povo?
Tenho andado saudosa... mas saudade de gente viva. Contatos perdidos. Saudade boa. É bem diferente da saudade que jamais passa dos meus avós que já partiram dessa vida. Mas tenho fé que eles estão bem. Às vezes, vem à minha mente uma nostalgia gostosa e uma alegria interna por ter vivido momentos tao especiais, com pessoas tão especiais. Sou feliz também por ter certeza que vivi intensamente a amizade com esses que se foram, para seguir seus próprios caminhos. Hoje, sou feliz por ter meu marido, Ciro, e nossos três filhos, Filipe, Bruno e Júlia, minha família, nossa casa, nossos amigos, lojas, funcionários e tudo o mais que tenho e vivo hoje em minha vida. Adoro os nossos amigos atuais. Grandes pessoas que nada tem haver com a saudade dos que já não estão mais em minha vida. Eles me preenchem. Muitos me amam. Alguns não. Mas é assim mesmo. Só desejo que Deus esteja com todos vocês que passaram, os que estão em minha vida e os que ainda chegarão.
Se cuidem!!! Beijos!!

2 amigos proseando comigo!:

Carol 18 de mar de 2008 15:28:00  

nossa que lindo dona claudia...a senhora lembra de tanta gente..acho q eu hoje em dia com 23 anos já não me lembro de tanta gente como a senhora.

Lindas as mensagens

beijos

Claudia Regina 18 de mar de 2008 16:53:00  

Ah! Carol... saudade é assim... já vivi muitas coisas na vida, com pessoas especiais que não sei mais onde estão. Mas o importante é que estejam felizes.
Bola pra frente.
Bjo.

Blog Widget by LinkWithin

Eu creio.

Creio, com toda a minha alma, que o meu Deus está no comando de cada ato, gesto, acontecimento, sentimento, pessoa ou coisa, que entra ou sai da minha vida. Ele cuida de mim, e dos meus, o tempo todo, e sou infinitamente grata a Ele por isso.

"O bom de não sabermos todas as coisas é existir alguém que sabe. O melhor de tudo isso é que mesmo sem entender, encostando o ouvido no lugar certo, mesmo numa noite muito escura, a gente vai escutar suas respostas." Lya Luft

Meu selo!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more
http://maisprosadoqueverso.blogspot.com
Loading...