"Enfim você chegou!
Respire fundo. Sorria.
Deixe suas preocupações de lado.
Receba o melhor que esse mundo tem a lhe oferecer,
afinal de contas,
você merece.

Entre e sinta-se em casa!"

Pare o trem... eu quero descer!

4.24.2008

De onde surgiu essa coisa chamada indiferença??? É o que? Um sentimento? É a falta do sentir amor, compaixão, compreensão pela dor ou o ardor do outro? É o excesso de raiva contida, de egoísmo? Rude, ao extremo, o indiferente torna-se sem limites, passa por cima de tudo e de todos como um trator sem gibeira. Nada sente, nada vê, nada pára. Nada serve para quebrar a rudeza, a frieza, quando ela chega à alma. Cheio de ódio e rancor, quer se vingar a qualquer preço, nem que pra isso tenha que perder tudo, e todos, ao seu redor, e ferir de morte as pessoas que ama... e que o amam... - Por que uma pessoa, em seus sentidos perfeitos, escolhe ser indiferente a quem nada fez de mal a ela? - Por que alguns se acham no direito de acusar, julgar e condenar, sem que o outro possa nem saber porque? De onde vem isso? Como surge?
Pasma com a (re)ação dos (in)diferentes, fico atordoada e procuro a porta, pois quero sair correndo daqui... Cansei... Não quero ser conivente com quem trata mal as pessoas, sem dar a elas nenhuma chance de se explicarem. Não vou mais ser conivente com quem nada sente ao ver o outro sofrer, chorar, perder alguém, sentir dor (na alma ou no corpo!).
- Pare o trem... Eu quero descer... Estou cansada... muito cansada...
Mas, não vá embora ainda, pois, por eu não ser assim, indiferente, amanhã, poderei, ou não, te perdoar, se Deus assim quiser e me ajudar... Só que agora, (in)felizmente, não dá!!!
Cláudia Gonçalves

2 amigos proseando comigo!:

Sara Albuquerque 27 de abr de 2008 22:08:00  

Cláudia... :)
Boa noite, moça!
Fiquei muito com o seu comentário, principalmente em saber que foi do seu interesse linká-lo. Fiz o mesmo com o seu. "Espero que não se importe." (rsrsr) ^^

Gostei bastante desse texto, por isso resolvi deixar comentário nele. Persebi que tem sentimento, tem realmente muito o que passar. Eu já me senti muitas vezes assim... Vítima da indeferença dos outros. Sei como é sentir-se assim e o pior: sei como a dúvida se instala dentro de nós ao nos perguntamos de porquê nós, o que fizemos? :/

Muito bom seu Blog! Passarei mais vezes aqui... Gostei do "Volte sempre que quiser." oÓIII... foi atiçar! (rsrs)

Até breve! sucesso! :D

Cláudia Gonçalves 28 de abr de 2008 22:08:00  

Sara,

VOCÊ É ENCANTADORA!!!
BJO!

Blog Widget by LinkWithin

Eu creio.

Creio, com toda a minha alma, que o meu Deus está no comando de cada ato, gesto, acontecimento, sentimento, pessoa ou coisa, que entra ou sai da minha vida. Ele cuida de mim, e dos meus, o tempo todo, e sou infinitamente grata a Ele por isso.

"O bom de não sabermos todas as coisas é existir alguém que sabe. O melhor de tudo isso é que mesmo sem entender, encostando o ouvido no lugar certo, mesmo numa noite muito escura, a gente vai escutar suas respostas." Lya Luft

Meu selo!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more
http://maisprosadoqueverso.blogspot.com
Loading...