"Enfim você chegou!
Respire fundo. Sorria.
Deixe suas preocupações de lado.
Receba o melhor que esse mundo tem a lhe oferecer,
afinal de contas,
você merece.

Entre e sinta-se em casa!"

Indignada!!

4.29.2008

Hoje, parada no sinaleiro, numa avenida movimentada da minha cidade, de repente me aparece uma menina, de uns 8 anos, fazendo piruetas e dando cambalhotas na faixa de pedestre. A menina, olhava o tempo todo para debaixo de uma marquise, onde estava a mãe, observando-a com cara de brava. Depois de umas quinze piruetas imperfeitas, ela saiu pedindo dinheiro de carro em carro, olhando sempre para a mãe a cada negação que recebia.
Fiquei indignada!!! Estou indignada!! Como pode uma mãe fazer isso? Ela não matou a filha, mas está matando a infância da mesma. É uma falta de compaixão forçar uma criança a "trabalhar" tão cedo, num horário em que deveria estar na escola ou brincando (era 12h40) ou, no mínimo, almoçando!!!
Outro dia, parei o carro para dar um grito num cara que estava obrigando as crianças a pedir dinheiro e dar pra ele. Cadê a justiça desse país??? Fico olhando a preocupação e punição com quem desmata, mata animais em extinção (o que também é muito válido), e as instituições que deveriam proteger as crianças desses abusos, não aparecem nessas horas para defendê-las. Definitivamente, não consigo entender toda a rede de pessoas que explora e que ignora o abuso com as crianças. Só posso mesmo ficar indignada, e fazer a minha parte chamando a atenção de alguns, já que a maioria das pessoas passa por eses fatos como se nada tivesse vendo ou acontecendo.
Cláudia

5 amigos proseando comigo!:

Sara Albuquerque 29 de abr de 2008 22:16:00  

Estávamos falando sobre eficácia das leis, hoje, na aula de Sociologia. A professora abordava que as normas sociais não eram cumpridas principalmente devido a uma certeza de impunidade por parte das próprias pessoas e do Estado e também devido a falta de fiscalização. (...) Isso me fez pensar e cheguei à conclusão que outro fato muito importante para a não efetivação dessas normas é a própria ignorância da sociedade em relação às mesmas. Por exemplo: é lei que 25% no mínimo do Orçamento Público seja destinado à Educação. E é dever desse mesmo Estado que a Educação seja de todos e para todos. No entanto, lembro-me das incontáveis vezes que anteriormente, quando eu ainda não tinha conhecimento disto, eu vi mães comentando que haviam ido na escola matricular o filho e não havia vagas. No entanto, se elas soubessem que ao enviarem uma Petição ao Ministério Público, a escola seria obrigada a ceder uma vaga para seus filhos, com certeza, o sistema seria seria mais eficaz, pois nós mesmos seríamos os fiscais. :)

No entanto, a triste realidade mostra que a sociedade não entende, não sabe de seus direitos. Alguns acham que vivem daquela forma porque é vontade de Deus. :/

Enfim, é convivendo com esse tipo de situação, que nós, como cidadãos, devemos nos indignar mesmo. Acredito em pessoas que fazem e não em pessoas que falam. Gostei da sua atitude de ter gritado com o homem pela janela. É simples e para os olhos de alguns supérflua, mas pra mim, eu vejo que é como uma primeira iniciativa para tentar mudar essa realidade nua e crua que nos assola.

Parabéns pela atitude e pelo texto. ^^

Sara Albuquerque 29 de abr de 2008 22:18:00  

Cláudia.. você tem orkut? :)
Se sim, me adiciona.
^^
Tem o enderço dele nos contatos no meu Blog.
Abraços.

Cláudia Gonçalves 29 de abr de 2008 22:44:00  

Obrigada, Sarah!! Creio que podemos sim colocar a boca no trombone e nos fazer escutar, se nao pelo governo, instituições responsáveis e pela imprensa, pelo menos vamos gritar para os loucos que abusam das criancas nas ruas dia e noite.

Bjo.

Já te adicionei no meu orkut.

Suave Toque 30 de abr de 2008 08:14:00  

Calma mulher...brincadeira, sei que é para não ter calma numa situação igual a esta que é tão corriqueira no nosso dia dia, infelizmente.
Justamente por tantas pessoas se calarem é que estamos assim hoje, nos deparamos cada dia mais com situações que nos deixam indignadas,e aqueles que podem realmente fazer algo, se calam.
Parabéns por não se calar.

Um grande beijo

Elcia

sonia 30 de abr de 2008 20:16:00  

E devemos falar disso!Aqui no Luxemburgo a miudagem não tà bem a par da situação de crianças da mesma idade. Não fazem a minima ideia que são outras crianças que cozem 12hors a fio as bolas da Adidas ou da Nike (agora jà não me lembro)Portanto o projecto da minha turma vai ser sobre o trabalho infantil. Não ajuda os que estão na situação, mas pelo menos eles estarão um pouco mais conscientes da miséria do mundo :(

Blog Widget by LinkWithin

Eu creio.

Creio, com toda a minha alma, que o meu Deus está no comando de cada ato, gesto, acontecimento, sentimento, pessoa ou coisa, que entra ou sai da minha vida. Ele cuida de mim, e dos meus, o tempo todo, e sou infinitamente grata a Ele por isso.

"O bom de não sabermos todas as coisas é existir alguém que sabe. O melhor de tudo isso é que mesmo sem entender, encostando o ouvido no lugar certo, mesmo numa noite muito escura, a gente vai escutar suas respostas." Lya Luft

Meu selo!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more
http://maisprosadoqueverso.blogspot.com
Loading...