"Enfim você chegou!
Respire fundo. Sorria.
Deixe suas preocupações de lado.
Receba o melhor que esse mundo tem a lhe oferecer,
afinal de contas,
você merece.

Entre e sinta-se em casa!"

Quem ama, não mata!

10.21.2008

Ainda está valendo a máxima de que "qualquer maneira de amor vale a pena e vale amar?"Acho que depois do episódio Eloá, essa frase perdeu um pouco o sentido. Não que eu esteja comparando o amor à loucura do rapaz, mas gente, o crime passional está cada vez mais difícil de se evitar.

O que ele sentia era amor ou posse? Por que amar mais o outro que a si mesmo e acabar com ambas as vidas colocando uma terceira em risco? Será que podemos dizer que o amor continua, sim,valendo a pena de qq maneira que venha, ou temos que colocar algumas vírgulas deixando claro que vale a pena sim, se houver também o respeito à vontade do outro de não nos amar mais?

Perguntas sem respostas ficarão nas nossas cabeças, como ainda ecoam as perguntas do pai que tenha jogado a filha pela janela em nome também do seu amor pela esposa. Isso é amor, gente? Que amor sobrevive depois dessas faltas de limite e respeito pela vontade e direitos do outro?

Empunho hoje, então, outra máxima, que anda meio esquecida, mas resume tudo:

QUEM AMA, NÃO MATA!

Beijos saudosos!

Foto do google.

12 amigos proseando comigo!:

Pensamentos que divagam pela minh'alma 22 de out de 2008 00:19:00  

Olá,Claúdia!

Adorei o seu texto!!
É, quem ama não mata mesmo. E amar a si mesmo deveria ser ensinado desde pequenos, lá no berço, mas infelizmente não é isso que acontece.
Obrigada pela visita. Vou te add na minha lista afinal o seu blog também é muito bom!
Ah! Vi que vc é de Brasília, eu sou de Goiânia morando em Taubaté!
Beijos.

~*Néctar da Flor*~ 22 de out de 2008 00:30:00  

Claudia, muito legal esse post e vale a pena ser comentado de verdade.
Bem, o que o rapaz sentia jamais foi amor e nunca vai ser. Não classifico esse sentimento como amor, amor é sublime, é puro, é algo que ninguém mexe, nem nós mesmos.
Assassino é assassino, não ama, mata.

Beijo grande, adorei sua visita.

-

Ellen Regina - facetasdemim 22 de out de 2008 01:18:00  

Olá!

Estou aqui para te agradecer pelo incentivo e as palavras doces lá no facetas.

Agora está um pouco tarde, mas outro dia volto para comentar como vc pediu, tá?

Muuuuito obrigada!
Ellen Regina
www.facetasdemim.blogspot.com

Gerly 22 de out de 2008 01:22:00  

"O amor é paciente, é BENIGNO, NÃO ARDE EM CIÚMES, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, NÃO SE RESSENTE DO MAL, NÃO SE ALEGRA COM A INJUSTIÇA, mas se regozija com a verdade, tudo sofre, tudo crê, tudo espera, TUDO SUPORTA." I Cor. 13:5-7.

Não. Certamente não era amor.

Bjoka!

30 e poucos anos. 22 de out de 2008 09:54:00  

São atos que nós não entendemos e não aceitamos.

Obrigado pela visita no 30 e poucos anos e fique a vontade para voltar sempre que quiser.

Bjs

Patty 22 de out de 2008 11:16:00  

Não, não mata mesmo e se mata é porque não é amor.

Beijo , querida!

Márcia(clarinha) 22 de out de 2008 11:59:00  

Essa máxima deveria realmente valer: Quem ama não mata!
Mas parece que quanto mais amor, mais violência, infelizmente :(
Uma confusão de sentimentos.

lindo dia flor
beijos

DO 22 de out de 2008 15:19:00  

Concordo com vc,Claudia. Alias,venho dizendo isto desde o inicio. Que raios de amor é este,então.
Muito obrigado pela visita e pelas palavras.

Beijos!!

Cristiane 22 de out de 2008 20:38:00  

Boa noite Claúdia,
Vim conhecer seu blog e gostei muito.
É verdade, quem ama não mata, o amor é algo bem diferente de tudo isso, não é mesmo? Fiz um post sobre esse assunto segunda feira. Bom, mas mantenho a esperança de que a humanidade um dia chegue um pouquinho perto que seja, do que é realmente esse tão lindo sentimento, o amor!
Paz & Bem, carinhosamente, Cris

P.Winter 22 de out de 2008 21:31:00  

Olá,Cláudia
Obrigado pela visita.
Seu Blog é show!Gostei muito!
Seu post sobre o ciúme está perfeito.Tem toda razão!Aquilo não é amor,é patologia!

abraço e volte sempre!

drika4ever 22 de out de 2008 21:59:00  

aquele rapaz era egoísta e possessivo, um doente!

quem ama não machuca, não mata!

bjos!

(obrigada por sua visitinha tão carinhosa, viu?? :-)

Vanna 22 de out de 2008 23:14:00  

Acrescento, "Quem ama cuida, quem ama não mata."
Querida, isso não é amor, é doença, é egoísmo.
Bjs, lindo fim d semana.

Blog Widget by LinkWithin

Eu creio.

Creio, com toda a minha alma, que o meu Deus está no comando de cada ato, gesto, acontecimento, sentimento, pessoa ou coisa, que entra ou sai da minha vida. Ele cuida de mim, e dos meus, o tempo todo, e sou infinitamente grata a Ele por isso.

"O bom de não sabermos todas as coisas é existir alguém que sabe. O melhor de tudo isso é que mesmo sem entender, encostando o ouvido no lugar certo, mesmo numa noite muito escura, a gente vai escutar suas respostas." Lya Luft

Meu selo!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more
http://maisprosadoqueverso.blogspot.com
Loading...